Fórmula 1 GP de Las Vegas

F1 - Vasseur dispara contra penalidade imputada a Sainz em Las Vegas: "Grande golpe"

Chefe da Ferrari lamentou a punição de 10 lugares no grid de largada por impactar na briga da equipe pelo P2 no campeonato

Carlos Sainz, Ferrari SF-23, para seu carro no circuito após danos causados por uma tampa de bueiro

O chefe da Ferrari na Fórmula 1, Fred Vasseur, disse que a equipe pagou um "mega preço" depois que Carlos Sainz recebeu uma penalidade de 10 posições no grid após seu incidente durante o primeiro treino livre em Las Vegas.

Leia também:

O carro do espanhol sofreu danos graves depois de passar por cima de uma tampa de um bueiro no início da primeira sessão de práticas livres. A equipe teve que reconstruir o carro com o chassi reserva e também trocar a unidade de potência e a caixa de câmbio.

Infelizmente, para o espanhol, um dos itens danificados foi o armazenamento de energia e, ao usar o terceiro exemplar da temporada, ele recebeu automaticamente uma penalidade no grid. Vasseur tentou argumentar com os comissários que se tratava de um caso de força maior, mas sem sucesso.

"Claro, fui até lá e conversei com eles", disse ele quando perguntado se havia tentado obter uma dispensa. "É uma sensação estranha para nós, porque, primeiro, não acho que tenhamos feito algo errado. Temos que pagar um preço altíssimo por isso e ainda por cima, temos a penalidade quando sabemos que estamos lutando pelo campeonato e 10 posições é um grande golpe."

"OK, nós temos que tentar evitar pensar nisso, fazer o trabalho para podermos voltar. Temos um bom ritmo, temos que nos concentrar no classificatório e depois fazer uma boa corrida. Não temos tempo para discutir isso."

Perguntado se as outras equipes poderiam ter apoiado seu caso, ele disse: "Não acho que poderia ser uma decisão das equipes, dizer que permitimos que eles façam isso ou aquilo. Agora, amanhã, se alguém pressionar na direção oposta, é outra história."

Carlos Sainz, Ferrari SF-23

Foto de: Simon Galloway / Motorsport Images

Carlos Sainz, Ferrari SF-23

Assim como a Alpine com o carro danificado de Esteban Ocon, a equipe não teve problemas para contornar a regra que restringe um piloto a usar um chassi por dia. "Essa também foi uma boa piada", disse Vasseur. "Não é permitido trocar o chassi durante o dia. Mas eles nos disseram que se você passar da meia-noite, isso significa que não é mais o mesmo dia!"

Vasseur enfatizou que a reconstrução entre as sessões foi possível graças ao atraso de duas horas e meia para o início do TL2.

"Não estamos tentando obter um recorde com isso", disse ele. "Mas, com certeza, foi um grande problema, porque tivemos que trocar o chassi, o motor, a bateria e a caixa de câmbio para construir um novo. Foi um bom trabalho dos mecânicos."

LECLERC lidera 1-2 da Ferrari, com ALONSO 3º e Verstappen só 6º no TL2 de Vegas. Hamilton é 9º

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

 

Podcast #256 – Quais as chances do GP de Las Vegas se tornar um fiasco?

 


ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Wolff sai em defesa da F1 e 'passa pano' para problemas do GP de Las Vegas
Próximo artigo Ricciardo critica decisão de TL2 acontecer sem fãs na arquibancada e pede que F1 coloque segurança dos pilotos em 1º lugar

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil