F1: Vazamento de ar impediu Alonso de disputar contra Mercedes no Canadá

Chefe da Alpine disse que isso comprometeu velocidade de reta do espanhol, sendo motivo por trás da decisão de mantê-lo atrás de Ocon

F1: Vazamento de ar impediu Alonso de disputar contra Mercedes no Canadá
Carregar reprodutor de áudio

Após uma ótima classificação em Montreal, Fernando Alonso não teve o mesmo rendimento no domingo, terminando o GP do Canadá de Fórmula 1 apenas em sétimo, atrás do companheiro Esteban Ocon. Depois da corrida, o chefe da Alpine, Otmar Szafnauer, revelou que um vazamento de ar na unidade de potência do espanhol custou a chance de lutar contra as Mercedes.

Szafnauer acredita que, se não fosse esse problema, que comprometeu sua velocidade de reta a partir da volta 20, Alonso poderia ter lutado contra Lewis Hamilton e George Russell por uma posição no pódio.

Leia também:

O rendimento de Alonso começou a cair após o primeiro pitstop, feito sob bandeira verde logo após o SC Virtual, que ajudou vários rivais. No fim da corrida, ele ficou atrás de Ocon, que o ajudou ao dar DRS para o espanhol na luta contra Valtteri Bottas, mas uma punição por ziguezaguear na pista o fez cair para nono.

"Bons pontos, mas sem os safety cars, poderia ter sido melhor", disse Szafnauer. "O ritmo do carro no molhado foi bom. O ritmo do carro no seco, sabíamos que seríamos mais lentos que Ferraris e Red Bulls, mas tão rápidos quanto as Mercedes".

"E a Mercedes nos superou por circunstâncias. Mas no geral do campeonato não vamos superá-los, temos que ser realistas: não seremos terceiro colocados. Então considerando os que lutamos pela quarta posição, estou feliz porque fizemos bons pontos".

Questionado sobre a situação de Alonso, disse: "Tivemos um problema com o carro de Fernando, por isso que ele terminou atrás de Esteban. Ainda não temos certeza, mas parece um vazamento de ar em algum lugar".

"Isso se manifestou em uma temperatura mais alta, e aí você tem que lidar, então tivemos que nos limitar nas retas. Graças a Deus não foi grande o suficiente para abandonarmos".

Fernando Alonso, Alpine A522

Fernando Alonso, Alpine A522

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Após a corrida, Alonso sugeriu que os problemas da equipe sempre parecem afetar seu carro, mas Szafnauer minimizou a polêmica.

"Não sei se sempre acontece com ele. Tenho certeza que parece assim. Mas não sei se é certo".

Nas voltas finais, Alonso queria passar Ocon, afirmando que esteve "cem vezes mais rápido" durante o fim de semana. Szafnauer disse que não foi difícil para a equipe tomar a decisão de que os pilotos deveriam manter posição: "Éramos quinto e sexto. Então o que fazer? Permitir que eles disputem ou trocar para serem novamente quinto e sexto?".

"Sou a favor de deixá-los correr, mas é preciso lembrar que Fernando teve problemas no motor, um vazamento que comprometeu sua velocidade de reta. E Esteban reduziu o ritmo para que ele pudesse abrir o DRS, o que foi o certo a se fazer".

Fernando Alonso, Alpine A522

Fernando Alonso, Alpine A522

Photo by: Carl Bingham / Motorsport Images

VÍDEO: A Mercedes tem razão ao reclamar sobre o porpoising?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual maior adversário ao bi de Verstappen: Pérez, Leclerc ou confiabilidade da Red Bull?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1, FIA e equipes se reunirão nesta semana para discutir soluções contra porpoising
Artigo anterior

F1, FIA e equipes se reunirão nesta semana para discutir soluções contra porpoising

Próximo artigo

F1: Boa tração nas curvas foi fundamental para vitória de Verstappen no Canadá, diz Red Bull

F1: Boa tração nas curvas foi fundamental para vitória de Verstappen no Canadá, diz Red Bull