Fórmula 1 GP dos Estados Unidos

F1: Verstappen comemora vitória na "luta" em fim de semana marcante para Red Bull

Atual campeão mundial ficou satisfeito em ver equipe conquistar o título de construtores em "grande estilo" a vencer corrida dedicada a Dietrich Mateschitz

Max Verstappen, Red Bull Racing, 1st position, celebrates on arrival in Parc Ferme

Max Verstappen venceu o GP dos Estados Unidos de Fórmula 1 em uma corrida que se desenhava para ser tranquila e que tomou notas de 'desespero' mais para o fim da prova em um fim de semana marcado pela 'montanha-russa' de emoções envolvendo a Red Bull com a morte de Dietrich Mateschitz e o título de construtores conquistado depois de nove anos.

Leia também:

O fundador da Red Bull, Mateschitz, morreu no sábado, aos 78 anos, após uma longa batalha pela vida, provocando uma enxurrada de homenagens de todo o paddock da F1. Verstappen disse depois de se classificar em terceiro no sábado que queria deixar Mateschitz orgulhoso na corrida de domingo, já que a Red Bull tenta conquistar seu primeiro título de construtores desde 2013.

O atual campeão mundial estava confortável na liderança durante os dois primeiros stints, mas um pit-stop lento o derrubou para sexto e deu Lewis Hamilton uma vantagem na luta pela vitória. Mas Verstappen conseguiu passar Charles Leclerc e pegar Hamilton, passando a Mercedes pela liderança a sete voltas do final antes de conquistar sua 13ª vitória da temporada.

“Foi difícil”, disse o holandês. “Estava tudo bem, mas o pit stop foi um pouco mais longo do que gostaríamos, então tive que lutar para seguir em frente novamente. Mas nós demos tudo lá fora hoje. Claro que é um fim de semana muito difícil para nós, então este é dedicado a Dietrich, pelo que ele fez por todos."

Max Verstappen, Red Bull Racing, 1st position, with the winners trophy

Max Verstappen, Red Bull Racing, 1st position, with the winners trophy

Photo by: Glenn Dunbar / Motorsport Images

“A única coisa que podíamos fazer hoje era vencer e mesmo que depois do pit stop eu dei tudo e fui ao limite para voltar.”

Verstappen acrescentou que a vitória “definitivamente significa muito para mim”, dado o papel de Mateschitz em sua carreira na F1, dizendo que ele foi “tão instrumental”. “Você realmente queria ter um bom resultado hoje e isso é incrível”, disse ele.

A Red Bull conquistou a coroa de construtores com três corridas restantes, dando-lhe uma varredura dos títulos deste ano depois que Verstappen venceu o campeonato de pilotos no Japão há duas semanas. A Ferrari tinha que superar a Red Bull por 19 pontos para manter a luta pelo título viva para o México, mas a equipe de Milton Keynes conseguiu terminar em primeiro e quarto para aumentar sua vantagem em 22 pontos.

“Tivemos uma grande chance de vencer os construtores aqui”, disse Verstappen. “Claro, você quer fazer isso em grande estilo e acho que fizemos isso hoje.” 

Verstappen desabafou sua frustração pelo rádio após o pit stop lento que lhe custou cerca de nove segundos, mantendo Hamilton afastado durante os dois primeiros stints e os dois períodos de safety car.

O holandês fez uma jogada sobre Leclerc para conquistar o terceiro lugar na curva 12, depois de tentar uma investida na curva 1 no início da volta. Ele então conseguiu fazer um movimento semelhante em Hamilton para a liderança, mas teve o carro da Mercedes enchendo seus espelhos nas próximas voltas.

“Esta é uma ótima pista de qualquer maneira para lutar”, disse ele. “Se você passa em uma curva, pode voltar na próxima. É muito prazeroso dirigir aqui”.

Veja DEBATE sobre o GP dos Estados Unidos, com Rico Penteado e Felipe Motta

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast Motorsport.com #200 - F1 virá 'vidraça': é preciso um 'choque de realidade'?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Verstappen supera falha em pit stop, passa Hamilton e vence nos EUA; Red Bull é campeã de construtores
Próximo artigo F1: Depois de 'bater na trave' nos EUA, Hamilton 'promete' levar Mercedes ao topo na briga pelo título em 2023

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil