F1: Verstappen confirma favoritismo e faz a pole do GP da Holanda em classificação marcada por batidas; Hamilton é 2º

Sessão que definiu o grid de largada para o GP da Holanda teve duas interrupções após batidas da dupla da Williams

F1: Verstappen confirma favoritismo e faz a pole do GP da Holanda em classificação marcada por batidas; Hamilton é 2º

Neste sábado, a Fórmula 1 realizou a classificação que definiu o grid de largada para o GP da Holanda. E em uma sessão movimentada em Zandvoort, que contou com duas bandeiras vermelhas devido à batidas de George Russell e Nicholas Latifi, Max Verstappen confirmou o favoritismo, garantindo a pole position para a corrida em casa.

Já Lewis Hamilton sai da segunda posição no domingo, tendo ao seu lado o companheiro de Mercedes Valtteri Bottas. Completam o top 10 do grid de largada do domingo: Pierre Gasly, Charles Leclerc, Carlos Sainz, Antonio Giovinazzi, Esteban Ocon, Fernando Alonso e Daniel Ricciardo.

Leia também:

O sábado em Zandvoort foi bastante movimentado. Verstappen, que se livrou de uma punição por uma ultrapassagem sob bandeira vermelha, voou no TL3, liderando com a volta mais rápida do fim de semana até então: 01min09s623. Já Kimi Raikkonen anunciou o diagnóstico positivo para Covid-19, sendo afastado do resto do fim de semana e substituído por Robert Kubica na Alfa Romeo.

Q1

Mesmo com toda a preocupação com o tráfego, a regressiva de 18 minutos teve um início lento, com poucos carros saindo de cara. Entre os primeiros a saírem, Latifi foi o mais rápido, com uma volta em 01min11s699.

 

As duplas da Mercedes e da Red Bull saíram dos boxes após quase cinco minutos de sessão. Enquanto Verstappen estava de macios, Hamilton e Bottas foram de médios. Após as primeiras voltas, o holandês liderava com 01min10s036, com Hamilton em segundo a 0s078.

 

No final do Q1, Verstappen, Hamilton, Bottas e Gasly optaram por não fazer mais voltas, enquanto do sexto para baixo todos voltaram à pista por causa da pequena diferença para os que estavam na zona de eliminação, mudando a classificação final.

Leclerc terminou o Q1 na ponta, com 01min09s829, 0s193 à frente de Sainz. Verstappen foi o terceiro, com Giovinazzi em quarto e Latifi em quinto. Completaram o top 10: Hamilton, Ocon, Bottas, Ricciardo e Gasly.

Foram eliminados no Q1, ocupando as posições de 16º a 20º, respectivamente: Sergio Pérez, Sebastian Vettel, Robert Kubica, Mick Schumacher e Nikita Mazepin

 

Q2

 

Após Sergio Pérez ser eliminado no Q1 por não conseguir fazer uma última volta rápida devido ao tráfego, Verstappen não perdeu tempo e foi o primeiro a sair dos boxes quando foi iniciada a regressiva de 15 minutos no Q2.

O holandês surpreendeu ao sair de pneus macios em vez dos médios, já que a melhor volta do Q2 determina com qual composto o piloto largará no domingo, e marcou de cara 01min09s071. Pouco depois, Hamilton e Bottas também saíram de macios. Ambos ficaram a cerca de sete décimos do holandês.

 

Apenas na metade da sessão que todos marcaram tempos. Verstappen se mantinha à frente, mas com Leclerc e Gasly se colocando entre ele e Hamilton e Bottas, que estavam em quarto e quinto.

A 03min53s do fim, Russell perdeu o controle da Williams, rodou e foi parar na brita, batendo de leve na barreira de pneus. A direção de provas acionou automaticamente a bandeira vermelha, mesmo que o britânico tenha conseguido sair sozinho e voltar aos boxes, para que os fiscais pudessem limpar a brita que ele trouxe para a pista.

 

A sessão foi reiniciada cerca de dez minutos depois. Mas a bandeira verde durou pouco. A 01min38s do fim do Q2, foi a vez de Latifi perder o controle do carro e bater com força sua Williams na barreira de proteção, levando a mais uma paralisação. 

Michael Masi optou por não reiniciar a sessão, encerrando o Q2 com os mesmos resultados do momento da batida de Russell. Verstappen manteve a ponta com 01min09s071, seguido de Leclerc a 0s366, Gasly a 0s470, Hamilton a 0s655 e Bottas a 0s698.

 

Se classificaram para o Q3 e a disputa da pole position: Max Verstappen, Charles Leclerc, Pierre Gasly, Lewis Hamilton, Valtteri Bottas, Daniel Ricciardo, Carlos Sainz, Esteban Ocon, Fernando Alonso e Antonio Giovinazzi. Todos largarão de pneus macios no domingo, com base nas voltas mais rápidas desta sessão.

Foram eliminados no Q2, ocupando as posições de 11º a 15º, respectivamente: George Russell, Lance Stroll, Lando Norris, Nicholas Latifi e Yuki Tsunoda.

 

Q3

A batida de Latifi forçou os fiscais a reconstruírem a barreira de proteção. Com isso, a direção de prova atrasou o início do Q3 para 11h07, horário de Brasília. 

Verstappen foi novamente o primeiro a ir à pista e marcou 01min08s923 em sua primeira volta rápida. Bottas se colocou em segundo, a 0s299, enquanto Hamilton foi o terceiro, a 0s345.

No final, Max Verstappen confirmou o favoritismo que tinha no início da semana, garantindo a pole position para a corrida na frente de seu público com 01min08s885. Completam o top 10 do grid de largada do domingo: Lewis Hamilton, Valtteri Bottas, Pierre Gasly, Charles Leclerc, Carlos Sainz, Antonio Giovinazzi, Esteban Ocon, Fernando Alonso e Daniel Ricciardo.

A Fórmula 1 volta à pista de Zandvoort no domingo para o GP da Holanda, o primeiro desde 1985. A largada está marcada para 10h, horário de Brasília, com transmissão da Band. E assim que acabar a prova, tem Pódio ao vivo no canal do Motorsport.com no YouTube.

Cla # Piloto Equipe Motor Melhor Volta Dif.
1 33 Netherlands Max Verstappen Red Bull Honda 1'08.885  
2 44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 1'08.923 0.038
3 77 Finland Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 1'09.222 0.337
4 10 France Pierre Gasly AlphaTauri Honda 1'09.478 0.593
5 16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 1'09.527 0.642
6 55 Spain Carlos Sainz Jr. Ferrari Ferrari 1'09.537 0.652
7 99 Italy Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Ferrari 1'09.590 0.705
8 31 France Esteban Ocon Alpine Renault 1'09.933 1.048
9 14 Spain Fernando Alonso Alpine Renault 1'09.956 1.071
10 3 Australia Daniel Ricciardo McLaren Mercedes 1'10.166 1.281
11 63 United Kingdom George Russell Williams Mercedes 1'10.332 1.447
12 18 Canada Lance Stroll Aston Martin Mercedes 1'10.367 1.482
13 4 United Kingdom Lando Norris McLaren Mercedes 1'10.406 1.521
14 6 Canada Nicholas Latifi Williams Mercedes 1'11.161 2.276
15 22 Japan Yuki Tsunoda AlphaTauri Honda 1'11.314 2.429
16 11 Mexico Sergio Perez Red Bull Honda 1'10.530 1.645
17 5 Germany Sebastian Vettel Aston Martin Mercedes 1'10.731 1.846
18 88 Poland Robert Kubica Alfa Romeo Ferrari 1'11.301 2.416
19 47 Germany Mick Schumacher Haas Ferrari 1'11.387 2.502
20 9 Russian Federation Nikita Mazepin Haas Ferrari 1'11.875 2.990

F1 AO VIVO: Tudo sobre a CLASSIFICAÇÃO para o GP da HOLANDA, com o debate sobre o GRID em ZANDVOORT

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #129 - A aposentadoria de Raikkonen e tudo sobre o GP da Holanda

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Q4 AO VIVO: Acompanhe debate sobre pole de Verstappen em casa
Artigo anterior

Q4 AO VIVO: Acompanhe debate sobre pole de Verstappen em casa

Próximo artigo

F1: Verstappen destaca "sensação maravilhosa" da pole em casa e desejo de "terminar amanhã o que começou hoje"

F1: Verstappen destaca "sensação maravilhosa" da pole em casa e desejo de "terminar amanhã o que começou hoje"
Carregar comentários