Fórmula 1 GP de Abu Dhabi

F1 - Verstappen: segurar Leclerc não seria uma boa maneira de terminar temporada

Holandês comentou como equipe poderia ter ajudado mexicano a conquistar o vice-campeonato de pilotos

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Max Verstappen ficou feliz por não ter recebido uma ordem para segurar Charles Leclerc para a aproximação de Sergio Pérez, já que “não seria a maneira mais legal” de encerrar a temporada da Fórmula 1.

O bicampeão mundial conquistou confortavelmente sua 15ª vitória da temporada no GP de Abu Dhabi, com Leclerc batendo Pérez pelo segundo lugar e com isso o segundo lugar na classificação final de pilotos.

Leia também:

Com Pérez caçando Leclerc nas últimas voltas, Verstappen disse que não recebeu uma ordem da Red Bull para ajudar seu companheiro de equipe, o que poderia ter sido uma opção, já que o piloto holandês poderia ter conseguido diminuir o ritmo de Leclerc.

Recém-saído da linha de ordens de equipe que obscureceu o GP de São Paulo, quando Verstappen ignorou uma ordem para deixar Pérez ultrapassá-lo na última volta para ganhar uma posição, o bicampeão mundial de F1 sentiu que outra ordem de equipe teria colocado um amortecedor no final de sua temporada.

“Não, não houve, mas também é uma decisão bastante complicada de se fazer”, disse Verstappen sobre uma ordem para ajudar Pérez no stint final.

“Você também não quer acabar assim… você pode bloquear, mas seria uma corrida justa? Acho que não seria a melhor maneira de terminar o campeonato.

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18, Sergio Perez, Red Bull Racing RB18, Charles Leclerc, Ferrari F1-75, Lando Norris, McLaren MCL36

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18, Sergio Perez, Red Bull Racing RB18, Charles Leclerc, Ferrari F1-75, Lando Norris, McLaren MCL36

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

“Parecia que Checo o estava chegando o suficiente para tentar fazer uma manobra, mas então ele perdeu muito tempo em uma confusão entre Pierre (Gasly) e Alex (Albon), ele perdeu muito tempo com isso, porque eu estava vendo isso na tela."

Verstappen admitiu que ele e Pérez poderiam ter pressionado mais durante a fase intermediária da corrida para aumentar a diferença sobre Leclerc, mas a Red Bull estava preocupada com a vida útil dos pneus ao longo do stint.

“Aquele segundo stint, porque o desgaste estava bastante alto com os pneus médios, nós, como equipe, poderíamos ter forçado um pouco mais naquele stint intermediário para Checo, mas isso é sempre fácil de dizer depois”, acrescentou.

“Naquela altura, pensávamos que tínhamos de ter cuidado com os pneus. Tivemos muitos fins de semana ótimos, mas mesmo nos fins de semana ótimos sempre há coisas que você pode aprender.”

PÓDIO: Verstappen vence e LECLERC SEGURA PÉREZ pra ser vice-campeão em Abu Dhabi! VETTEL pontua

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate 'treta' entre Verstappen e Pérez no GP de São Paulo

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Hamilton quer se livrar do W13 e diz se 2022 foi a pior temporada
Próximo artigo VÍDEO: Mercedes ‘entrega’ De Vries em box da AlphaTauri em carrinho de pneus

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil