Fórmula 1 GP de São Paulo

F1: Verstappen tece dura crítica à corrida em Las Vegas

Atual tricampeão mundial diz que ação no próximo GP "é mias para o show do que para corrida em si"

Trabalho em andamento na pista de F1 de Las Vegas

A Fórmula 1 não mediu esforços para reviver a corrida de Las Vegas, adquirindo permissão para correr na icônica Strip do paraíso dos jogos de azar em uma prova que será realizada em 18 de novembro.

Leia também:

A empresa gastou US$ 240 milhões em um terreno, onde construiu um pit permanente, um prédio de controle de corrida e instalações de paddock. Mas o circuito de rua em si é limitado e é composto por uma coleção de longas retas, curvas lentas de 90 graus e chicanes, sendo que as únicas curvas de alta velocidade devem ser facilmente percorridas de forma plana.

O circuito de 6.201 km até agora não inspirou o tricampeão mundial Max Verstappen. Quando lhe perguntaram o que ele esperava da corrida, ele respondeu: "Em primeiro lugar, acho que estamos lá mais para o show do que para a corrida em si, se você observar o layout da pista."

"Mas, na verdade, não estou tão interessado nisso. Sou mais do tipo: vou lá, faço minhas coisas e vou embora de novo." Quando perguntado se a corrida seria semelhante ao GP de Mônaco, ele disse: "Sim, mas Mônaco também é história e o lugar em si. Todos querem estar em Mônaco uma vez. Não dá para comparar."

Work in Progress at the Las Vegas F1 course

Foto de: Jim Utter

Trabalho em andamento na pista de F1 de Las Vegas

Verstappen admitiu que a adição de uma corrida em Las Vegas traz valor agregado à categoria, já que ela pretende expandir sua presença na América do Norte e capitalizar o sucesso da série Drive to Survive, da Netflix.

O piloto da Williams, Alex Albon, acha que, embora o layout parecesse "simples", ele poderia de fato promover ultrapassagens, graças à longa reta ao longo da Strip.

"É um circuito bastante simples em termos de layout, é muito fácil de aprender. A pista é bastante interessante, tem algumas curvas combinadas, que não são fáceis de travar na frente, o que não é bom para o nosso carro, mas tudo bem", disse ele.

"A única coisa que será interessante é a aspereza e os solavancos da pista, o quão bem eles lideram com isso. Acho que, em termos de corrida, haverá muitas ultrapassagens, porque, pelo menos pelo que eu pilotei, há muitas oportunidades, muitos lugares onde você pode ultrapassar. As retas são absolutamente enormes."

"Especialmente ao sair da última curva para a Curva 1, é uma curva que não é tão difícil de se aproximar [do carro da frente]. Portanto, acho que você terá muitas ultrapassagens."

Reportagem adicional de Erwin Jaeggi e Adam Cooper

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Motor de Leclerc é salvo, mas Ferrari tenta entender problema que causou abandono em Interlagos
Próximo artigo F1: Ricciardo chama atenção para regra que o fez ficar uma volta atrás no GP de São Paulo

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil