F1: Verstappen tranquilo com polêmica de Abu Dhabi porque Red Bull "não fez nada de errado"

Holandês fez balanço do ano que lhe rendeu o primeiro título de pilotos na F1

F1: Verstappen tranquilo com polêmica de Abu Dhabi porque Red Bull "não fez nada de errado"
Carregar reprodutor de áudio

Max Verstappen afirmou que a controvérsia sobre a saída e o safety car na volta final do GP de Abu Dhabi não tiram a importância de sua conquista do título na Fórmula 1, porque ele sabe que sua equipe, a Red Bull, não fez nada de errado naquele momento.

O holandês conquistou seu primeiro título na F1 em Yas Marina após um final que gerou muitas polêmicas devido à forma como o diretor de provas Michael Masi lidou com a relargada na volta final. Com pneus macios e novos, Verstappen pôde ultrapassar Lewis Hamilton para garantir a coroa.

Leia também:

Apesar da Mercedes inicialmente tentar levar o caso aos tribunais, os comissários da FIA haviam ficado ao lado de Masi, afirmando que ele tinha autoridade sobre o safety car, podendo modificar as regras para garantir um final de corrida com bandeira verde.

Mesmo com a Mercedes removendo sua intenção de recurso, a polêmica de Abu Dhabi não dá impressão de perder a força, mas Verstappen disse que não se abala com a situação. 

Questionado se o protesto e a polêmica do recurso tirariam o brilho de sua conquista, ele disse: "Não, é bem típico de olhar a temporada como ela se desenvolve. É como é. Estamos felizes e curtindo. Como equipe, não fizemos nada de errado".

"Corremos quando havia bandeira verde, então corremos atrás e fizemos isso na pista".

The Safety Car and Lewis Hamilton, Mercedes W12

The Safety Car and Lewis Hamilton, Mercedes W12

Photo by: Simon Galloway / Motorsport Images

Enquanto a polêmica de Abu Dhabi deve ser um tópico focal por muito tempo, Verstappen diz que toda a temporada foi uma montanha russa para ele e a equipe. E enquanto admite que houve dias como em Abu Dhabi, quando a sorte sorriu para ele, igualmente houve ocasiões em que ele sente que merecia mais.

"Claro, tem sido uma temporada difícil. Definitivamente tivemos corridas dominantes mas, no geral, acho que a Mercedes foi uma equipe mais forte. Mas foi uma batalha agradável, ter duas equipes lutando e dando o seu melhor até o fim".

"Claro, em alguns momentos você acha que não tem como aguentar até o fim. Mas sempre há surpresas. Algumas corridas que venci, eu não deveria ter vencido. Mas eu também tive uma cota de azares, com pneus furando em Baku e coisas assim. Perdemos muitos pontos assim. Foi uma temporada intensa, louca".

Verstappen também acha que ele e a Red Bull tiveram que se elevar a níveis que eles mesmos achavam que não eram possíveis.

"Estamos batalhando um contra o outro, levando junto toda a equipe a outro nível, algo que ninguém achava que seria possível. Foi intenso para todos. Para lutar em todas as corridas, todos tiveram que ser perfeitos com estratégia, preparação, sem falhas mecânicas e tudo mais. Houve muita pressão e stress para todos".

Mari Becker revela bastidores de tretas de Hamilton x Verstappen na F1 2021

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #154 - Giaffone analisa polêmica de Abu Dhabi e ano de Verstappen e Hamilton

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Horner: Hollywood não conseguiria criar uma história tão incrível quanto a da F1 2021
Artigo anterior

Horner: Hollywood não conseguiria criar uma história tão incrível quanto a da F1 2021

Próximo artigo

F1: Possíveis líderes no começo de 2022 perderão vantagem rapidamente, diz Domenicali

F1: Possíveis líderes no começo de 2022 perderão vantagem rapidamente, diz Domenicali
Carregar comentários