F1 - Vettel opina sobre demissão de De Vries: "Dura e brutal"

Alemão, no entanto, também celebrou o retorno de Ricciardo ao grid da categoria

Sebastian Vettel, Aston Martin, with Daniel Ricciardo, McLaren

Zak Mauger / Motorsport Images

Sebastian Vettel descreveu a demissão de Nyck de Vries da Fórmula 1 como "dura" e "brutal" e expressou seu apoio ao holandês, ao mesmo tempo em que expressou sua satisfação com o retorno Daniel Ricciardo à categoria.

Leia também:

Vettel não é um rosto estranho para a Red Bull, pois começou sua carreira na F1 com a Toro Rosso antes de mudar para a equipe principal e ganhar quatro títulos mundiais entre 2010 e 2013.

As notícias dos últimos dias, é claro, foram dominadas pela demissão de Nyck de Vries pela AlphaTauri (a fabricante que oficialmente sucedeu a Toro Rosso), e a chegada do ex-piloto da Red Bull Daniel Ricciardo, que ocupava a posição de terceiro piloto em Milton Keynes desde o início da temporada.

Perguntado pela ITV sobre essa substituição no meio da temporada, às margens do Festival de Goodwood, Vettel ficou em dúvida sobre a mudança, embora esteja feliz em ver seu ex-companheiro de equipe Ricciardo de volta ao assento: "Para ser honesto, eu diria que tenho sentimentos mistos", disse Vettel quando perguntado. 

"Estou muito feliz por Daniel. Gosto dele, obviamente já corri com ele e o vi em seu teste [em Silverstone] quando estava preparando a McLaren [1993] para este fim de semana. Estou muito, muito feliz por ele."

"Por outro lado, também temos que ser honestos. Obviamente, é lamentável para Nyck a maneira como tudo terminou. Acho que ele teve uma grande oportunidade. Talvez as coisas não tenham funcionado da maneira que ele esperava ou da maneira que as pessoas esperavam. Mas também é um pouco duro quando o fim é tão repentino. É brutal."

Vettel disse esperar que a saída de De Vries não tenha impacto de longo prazo em sua carreira. "Eu o conheci no ano passado pela primeira vez e ele me pareceu uma pessoa muito boa, além de ser um bom piloto."

"Ele venceu o campeonato de F2, venceu campeonatos internacionais. Portanto, ele é reconhecido e espero que esse tipo de golpe não prejudique sua carreira. As pessoas tendem a parar por aí, e isso não é bom."

"Talvez essas dez corridas não tenham sido tão boas quanto poderiam ter sido. Não sabemos por que, em primeiro lugar, em segundo lugar, ele ainda é um piloto muito bom. Portanto, é preciso entender que é muito difícil para ele e espero que as pessoas não vejam isso como um problema."

Ricciardo de volta à F1 e de Vries demitido! Red Bull injusta? O que será de Pérez?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate impacto do 'ressurgimento' da McLaren na F1 2023

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Alpine planeja atualização "significativa" antes das férias de agosto
Próximo artigo F1: Mercedes vai se inspirar na McLaren para atualizações futuras; entenda

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil