F1: Villeneuve revela que investiu “muito dinheiro” na BAR e admite que mudança foi um erro

Piloto canadense diz que mantém a quantidade investida sob sigilo

F1: Villeneuve revela que investiu “muito dinheiro” na BAR e admite que mudança foi um erro

Jacques Villeneuve revelou que investiu muito dinheiro na equipe de Fórmula 1 BAR (British American Racing), mas que essa informação teve que ser mantida em sigilo, e reconheceu que a mudança foi um erro do ponto de vista esportivo.

Villeneuve chegou à F1 em 1996 com a Williams e foi vice-campeão antes de conquistar o título no ano seguinte. Em 1998, ele continuou com o time de Grove, que caiu muito em desempenho e em 1999 se mudou então para a equipe estreante BAR, fundada e dirigida por seu amigo e empresário Craig Pollock.

Leia também:

Há alguns anos, o canadense revelou que um telefonema do projetista Adrian Newey poderia mudar tudo, que o desaconselhou a fazer a mudança e queria levá-lo para a McLaren, a principal escuderia da F1 da época.

Mas como Villeneuve estava sentado ao lado de Pollock no jantar, não houve mais conversa e o piloto decidiu pela BAR. Lá, o ex-campeão mundial foi o centro. Não apenas a equipe foi construída em torno dele, mas Villeneuve possuía até ações na equipe.

"Eu coloquei muito dinheiro nisso, mas teve que ser mantido em segredo", Villeneuve disse em entrevista à La Gazzetta dello Sport . 

O canadense disse que ter começado um projeto naquela época foi muito divertido.

"Também estou muito orgulhoso disso porque muito poucas pessoas o fizeram."

O que antes era a equipe BAR, se tornou o time de maior sucesso na Fórmula 1. Após a venda para a Honda e subsequente para a BrawnGP, a Mercedes comprou a escuderia e já possui sete títulos mundiais consecutivos, todos na sede de Brackley, onde a BAR começou: “E ainda há pessoas de quem cuidamos lá”, disse Villeneuve.

E embora o projeto tenha sido uma boa decisão para o piloto do ponto de vista organizacional, do lado esportivo não foi: o canadense desistiu nas primeiras 11 corridas com a BAR e não marcou um único ponto em 1999. Nos quatro anos seguintes, o desempenho também foi muito fraco, tendo apenas dois pódios.

“Claro, se eu olhar os resultados como piloto, foi uma decisão errada”, admitiu.

"Teria sido muito melhor ir para a McLaren, que estava ganhando tudo naquela época", concluiu. 

'TRETAS', IMPROVISO e 'CAUSOS' de GALVÃO BUENO: Ex-diretor faz revelações do narrador de F1 da Globo

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST – Quais são os pilotos mais carismáticos da F1, mas sem grandes resultados?

 

compartilhar
comentários
CEO da F1 esclarece que vitória na corrida de sábado valerá pole position

Artigo anterior

CEO da F1 esclarece que vitória na corrida de sábado valerá pole position

Próximo artigo

F1: Domenicali descarta redução de finais de semana de GPs para dois dias

F1: Domenicali descarta redução de finais de semana de GPs para dois dias
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Jacques Villeneuve
Autor Norman Fischer