F1: Williams anuncia nome do alto escalão da Mercedes como novo chefe de equipe

Vowles ocupava o cargo de diretor de estratégia na equipe alemã, trabalhando ao lado de Toto Wolff

James Vowles (1)

A Williams anunciou nesta sexta-feira (13) a identidade de seu novo chefe de equipe na Fórmula 1: James Vowles, agora ex-diretor de estratégia da Mercedes, que esteve no time alemão pelos últimos quatro anos.

Vowles chega para assumir o papel deixado por Jost Capito, que anunciou sua saída da equipe em dezembro do ano passado, junto do diretor técnico FX Demaison.

Leia também:

O engenheiro é uma peça-chave da liderança da Mercedes nesses anos de domínio, trabalhando em proximidade com o chefe Toto Wolff. Com a mudança, Vowles liderará uma equipe pela primeira vez em sua carreira, algo que ele classifica como "uma grande honra".

"A equipe é um ícone de nosso esporte, um que eu respeito bastante, e mal posso esperar pelo desafio", disse. "A Mercedes tem me apoiado muito nessa jornada, e nos separamos em ótimas condições após 20 anos em Brackley. Sou muito grato por tudo que Toto e a equipe fizeram por mim, e foi uma experiência especial viver isso com eles pelas falhas e sucessos".

"A Williams Racing depositou sua fé e confiança em mim, e farei o mesmo em retorno. A Williams tem um potencial tremendo, e nossa jornada juntos começa em algumas semanas".

Agora ex-chefe de Vowles, Wolff fez uma homenagem ao engenheiro, o qual considera "um membro valioso" da Mercedes, tendo "um papel fundamental em nossos sucessos nos últimos anos". Ele também revelou que Vowles havia se afastado do pitwall no meio da temporada passada para focar nas operações remotas de estratégia na sede de Brackley.

"Não tenho dúvida nenhuma de que ele tem todas as habilidades necessárias para se tornar um chefe de equipe fantástico na F1", disse Wolff. "Desejamos a ele todo o sucesso e estamos felizes por vê-lo assumindo o próximo passo em sua carreira com a Williams, que é uma importante parceira técnica nossa e uma equipe que tem um lugar especial no meu coração".

Vowles será o segundo chefe de equipe estreante na F1 em 2023, após a McLaren confirmar a promoção de Andrea Stella para o cargo devido a ida de Andreas Seidl para a Sauber. Esse período de férias foi marcado por várias mudanças nas chefias, com Frédéric Vasseur indo para a Ferrari. Resta a Alfa Romeo anunciar seu novo chefe, com Seidl assumindo como CEO.

Na Williams, Vowles enfrenta o desafio de reerguer a equipe, que voltou a terminar na último posição do Mundial de Construtores em 2022, conquistando apenas oito pontos ao longo do ano.

Vowles fará sua estreia oficial em 20 de fevereiro, apenas três dias antes do início da pré-temporada da F1 no Bahrein.

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #212 – Polêmica: as verdades inconvenientes sobre a F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Horner vê “exagero” em número de corridas por temporada e define limite ideal
Próximo artigo F1: Alpine acusa rivais de explorar "buracos" no regulamento do teto de gastos

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil