Fórmula 1
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

F1: Williams faz mudanças para assegurar legalidade do novo carro

compartilhar
comentários
F1: Williams faz mudanças para assegurar legalidade do novo carro
Por:
7 de mar de 2019 18:34

FIA não aprovou peças da suspensão e da asa dianteira e equipe terá de alterar partes do FW42 para a temporada 2019 da F1

Apesar do atraso na pré-temporada 2019 da Fórmula 1, o carro da Williams não chamou atenção apenas pelos dias perdidos na pista de Barcelona. O FW42 também atraiu olhares por causa de aparatos aerodinâmicos e partes da suspensão. Mas o que poderia ter sido uma boa notícia se tornou mais um motivo de preocupação. Segundo apurou o Motorsport.com, a FIA não aprovou as novas peças da equipe inglesa, que terá de redesenhar os componentes.

Leia também:


As regulações técnicas da entidade que regulamenta a F1 limitam as partes do sistema de amortecimento dos carros a seis: quatro braços de suspensão, uma haste e um braço de direção. 

Williams FW42 low wishbone

Williams FW42 low wishbone

Photo by: Giorgio Piola

Conforme mostrado pelos desenhos de Giorgio Piola, a Williams introduziu um sétimo membro estreito que corre ao longo do limite do braço de suspensão inferior. A peça será removida para a primeira corrida, em Melbourne, no dia 17 de março.

Enquanto isso, os aparatos aerodinâmicos curvos colocados acima da suspensão para a pré-temporada serão substituídos. A equipe inglesa introduzirá uma nova versão que ainda não foi testada na pista. Entretanto, o ponto de instalação do braço superior, ilustrado pelo desenho abaixo, foi liberado para uso.

Williams FW42 suspension detail

Williams FW42 suspension detail

Photo by: Giorgio Piola

A necessidade da Williams de abortar suas inovações para 2019 vem logo após o pedido de licença de um de seus principais dirigentes. Diretor técnico da equipe, Paddy Lowe se licenciou de suas funções no time de Grove nesta quarta-feira por “razões pessoais” e ainda não se sabe como a situação ficará para o decorrer do campeonato.

É mais um capítulo negativo no tumultuado começo de temporada da Williams, cujo novo carro não agradou os pilotos George Russell e Robert Kubica.

Próximo artigo
Ricciardo: Renault tem nova filosofia para melhorar em 2019 na F1

Artigo anterior

Ricciardo: Renault tem nova filosofia para melhorar em 2019 na F1

Próximo artigo

F1 deve introduzir ponto por volta mais rápida em 2019

F1 deve introduzir ponto por volta mais rápida em 2019
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Williams
Autor Scott Mitchell