F1: Williams vence processo contra antigo patrocinador e recupera mais de R$ 200 milhões

Empresa ROKiT, parceira da escuderia até 2020, encerrou contrato devido ao avanço da pandemia em seu primeiro ano e não pagou valores combinados

F1: Williams vence processo contra antigo patrocinador e recupera mais de R$ 200 milhões
Carregar reprodutor de áudio

A Williams venceu um processo de US$ 35,7 milhões (cerca de R$ 203,8 milhões) contra o antigo patrocinador ROKiT, que no início de 2020, como resultado da Covid-19, decidiu romper o negócio devido à alegada quebra de contrato de escuderia No ano referido, o campeonato de Fórmula 1 só começou em julho devido à pandemia.

A empresa fechou um acordo de vários anos com a equipe em 2019: uma assinatura inicial de três temporadas foi adicionada à extensão de outras duas que deveriam ter permitido ao time chefiado por Claire Williams na época enfrentar os anos seguintes com serenidade, lançando as bases para um novo crescimento.

Leia também:

A explosão do Covid-19, por outro lado, embaralhou as cartas e o não início do campeonato levou o patrocinador a romper os acordos firmados, colocando a Williams em sérias dificuldades econômicas visto que era para garantir apoio financeiro até 2023.

Inicialmente, parecia que a ROKiT havia aceitado a oferta de adiar os pagamentos do contrato, já que não recebeu nenhum retorno de uma equipe que não poderia competir pelo adiamento das corridas devido à pandemia, mas na realidade, a escuderia nunca viu um centavo .

Era inevitável que o assunto levasse a um processo, e o juiz arbitral rejeitou os argumentos da ROKiT de que não honraria seus pagamentos à Williams porque a equipe não havia cumprido suas obrigações contratuais depois de 1º de janeiro de 2020.

Ainda por conta dessa lacuna no orçamento, a família Williams colocou à venda o time, que foi então adquirido pelo fundo americano Dorilton Capital.

O prêmio ganho contra o ROKiT permitirá que a equipe de Grove, liderada por Jost Capito, recupere uma quantia significativa de 35,7 milhões de dólares.

MARI BECKER analisa EVOLUÇÃO de VERSTAPPEN e PRESSÃO em HAMILTON, e fala de como ambos saem maiores

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #155 - Piores da F1 2021: Quais pilotos/equipes decepcionaram? Masi é consenso?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Conheça o papel crucial que Szafnauer teve na história da Aston Martin
Artigo anterior

F1: Conheça o papel crucial que Szafnauer teve na história da Aston Martin

Próximo artigo

F1: Russell se diz pronto para "o ano mais intenso da minha vida" com Mercedes em 2022

F1: Russell se diz pronto para "o ano mais intenso da minha vida" com Mercedes em 2022
Carregar comentários