F1 - Wolff não se importaria com derrota para Red Bull, pois Mercedes 'não deve nada'

Chefe da Mercedes minimizou os impactos de um possível primeiro ano sem títulos na era híbrida e disse que disputa com rival é "divertida"

F1 - Wolff não se importaria com derrota para Red Bull, pois Mercedes 'não deve nada'

Depois de dominar e era híbrida da Fórmula 1 desde seu começo em 2014, com alguma dificuldade antes do meio das temporadas de 2017 e 2018, a Mercedes enfrenta agora o seu campeonato mais desafiador. A Red Bull apresenta bom desempenho e chegou a ensaiar uma supremacia após os GPs na Áustria. No entanto, o chefe da equipe alemã Toto Wolff disse que eles não 'devem nada a ninguém'.

No momento, as rivais tem uma 'vitória' cada: Max Verstappen lidera o mundial de pilotos por seis pontos, enquanto a Mercedes está à frente nos construtores com 36 de vantagem, em um ano "divertido", segundo o mandatário de Brackley.

Leia também:

"Já se passaram sete anos que estabelecemos uma referência, está muito mais difícil em 2021 e sabemos o porquê", comentou Wolff à Sky Sports F1. "Da mesma forma, apreciamos a batalha. Estou muito ansioso para as próximas corridas, não parece nada difícil ou doloroso. As coisas vão acontecer como precisam, e é divertido."

"É a Fórmula 1, não estamos falando de política. Não temos nada a provar. Estabelecemos nossos recordes e queremos ampliá-los porque somos ambiciosos, mas podemos também gostar disso, pois temos o melhor emprego do mundo."

F1: Entenda como CALENDÁRIO de 2022 se tornou o mais INSANO e DESAFIADOR para equipes e pilotos

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #138 – Red Bull não sabe o que fazer contra Mercedes após GP da Turquia?

 

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Definição de futuro ajudou Bottas a melhorar desempenho em 2021
Artigo anterior

F1: Definição de futuro ajudou Bottas a melhorar desempenho em 2021

Próximo artigo

GP dos Estados Unidos de F1: Horários, previsão do tempo e como acompanhar, com final da W Series

GP dos Estados Unidos de F1: Horários, previsão do tempo e como acompanhar, com final da W Series
Carregar comentários