F1: Wolff: "Tentativa de volta rápida do Bottas foi atrevida"

Valtteri Bottas por pouco não tirou um ponto do colega de time que está disputando o campeonato; Wolff não ficou contente com o finlandês

F1: Wolff: "Tentativa de volta rápida do Bottas foi atrevida"

Toto Wolff disse que a tentativa de volta rápida de Valtteri Bottas no GP da Holanda foi "atrevida", mas que Lewis Hamilton reconhece que não importa qual piloto da Mercedes ganhe o ponto. Já Bottas se defendeu falando que sabia que Lewis entraria nos boxes e aproveitou para "brincar um pouco".

Bottas foi chamado para um pitstop por razões de segurança em Zandvoort na volta 67 de 72, trocando dos pneus médios para macios e fazendo na sequência os dois setores mais rápidos da corrida.

Leia também:

Mas o finlandês foi instruído a reduzir o ritmo no setor final, o que permitiu a parada de Hamilton para trocar para os macios na volta 70, o que fez com que o inglês marcasse a volta mais rápida com 1m11,097 e levasse um ponto extra.

Enquanto o chefe da Mercedes disse que entendeu o porquê de Bottas tentar a volta rápida antes dos pits, ele chamou a mudança de ritmo de "ousada".

"Foi um pouco atrevida, mas compreensível. Valtteri está sempre buscando porque é um campeonato apertado. Era perceptível que o Lewis faria a melhor e o Valtteri sabia disso. No fim o Lewis conseguiu o ponto para sua disputa de título de piloto, e está tudo certo."

Wolff adicionou que Hamilton merecia o ponto extra por ter mantido a volta rápida por bastante tempo no GP, ganho por Max Verstappen, e que a equipe debateria a situação internamente.

"Poderia ter resultado em uma perda de ponto para o Lewis e isso não seria justo porque ele tinha a volta mais rápida até então. Mas você tem que entender que nesse ponto, tem um certo grau de frustração do Valtteri. Está tudo bem. Nós vamos conversar sobre isso, mas de maneira amigável e profissional."

Hamilton, entretanto, disse que não sabia da batalha interna antes de dizer que não importava se ele ou o Bottas conquistassem o ponto de volta mais rápida.

"Eu não tinha ideia, mas realmente não importa. Se o Valtteri ganhasse, estaria tudo bem. No fim do dia, nós precisávamos da volta mais rápida, de quanto pontos precisássemos como um time. Se o Valtteri ganha ou eu ganho, não faz uma diferença muito grande."

"Eu nem sabia que o Valtteri tinha parado. Estava sem saber disso. Foi minha escolha parar. Eu precisava do ponto extra. Fui lá e fiz. Foi tudo certo."

Bottas se pronunciou falando que sabia que Hamilton entraria nos boxes e disse que estava só brincando um pouco com metade de uma volta em pé embaixo. O finlandês também falou que sabia que Lewis precisava do ponto na disputa contra Verstappen.

"Para ser sincero, tinha um grande gap atrás então, por razões de segurança, foi bom parar [nos pits]", disse o finlandês. "Eu pensei no início que nós pararíamos para fazer a volta mais rápida, mas Lewis também tinha um gap então ele parou".

"Eu estava forçando na primeira volta no setor e dois pisando fundo. Então eles me pediram para reduzir no fim da volta. Eu estava dando uma brincada, de verdade. Óbvio que o Lewis precisava daquele ponto mais que eu. Ele está disputando o campeonato. Como um time, nós estamos tentando tirar o máximo de pontos. É assim que é.  Eu sabia que o Lewis iria parar também. Eu tinha essa informação", se defendeu Valtteri Bottas.

F1 AO VIVO: Verstappen vence QUEDA DE BRAÇO com Hamilton em BRIGA ESTRATÉGICA na Holanda; veja debate

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #129 - A aposentadoria de Raikkonen e tudo sobre o GP da Holanda

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1- Pérez: "Toque com Norris foi desnecessário e causou danos no carro"
Artigo anterior

F1- Pérez: "Toque com Norris foi desnecessário e causou danos no carro"

Próximo artigo

F1: Mercedes assume erro na estratégia de undercut por timings errado

F1: Mercedes assume erro na estratégia de undercut por timings errado
Carregar comentários