Ferrari vê melhora como 'encorajadora' para passo adiante em 2021

Mas a equipe vê a performance na Turquia com cautela devido às condições adversas da pista

Ferrari vê melhora como 'encorajadora' para passo adiante em 2021

Após um início complicado na temporada 2020 da Fórmula 1, o chefe da Ferrari, Mattia Binotto, acredita que a equipe vem melhorando sua forma e isso dá sinais encorajadores para uma progressão ainda maior em 2021.

Em 2020, o SF1000, carro da Ferrari, sofreu com problemas de chassi e aerodinâmica, além de uma perda considerável de potência no motor.

Leia também:

Por isso, a equipe lançou um ataque em duas frentes para buscar uma forma mais competitiva: refazer o motor na fábrica em Maranello e focar em mudanças menores no carro para lidar com as fraquezas aerodinâmicas.

Com o trabalho na fábrica ficando pronto apenas a partir da pré-temporada de 2021, as mudanças de aerodinâmica no SF1000 mostraram resultados nas etapas recentes, com a equipe voltando a lutar por pódio com mais frequência.

No GP da Turquia, a Ferrari teve seu melhor final de semana no ano, com o terceiro lugar de Sebastian Vettel e o quarto de Charles Leclerc significando que a equipe italiana foi a que mais pontuou na etapa.

Binotto, que acompanhou o GP direto de Maranello, acredita que a melhora na forma que a Ferrari apresentou recentemente prova que a equipe pode buscar um novo passo adiante em 2021 mesmo com o congelamento das regras.

"É obviamente muito importante ter a Ferrari indo bem no momento. Sabemos que o carro está melhor e, se vocês olharem as últimas provas, melhoramos a posição na corrida".

"Acho que o carro está mais consistente e mais rápido. Então é ótimo, pelo menos ter esses resultados, porque cria um otimismo para o próximo ano. É ótimo olhar adiante nesse momento".

"Em termos de posição no campeonato de construtores, a temporada ainda não acabou e isso é encorajador".

"As pessoas estão dando o seu melhor na fábrica para entender as fraquezas do carro e tentar resolvê-las. E na preparação para o próximo ano, esses resultados nos encorajam".

Mas apesar dos resultados na Turquia terem mostrado um ganho da Ferrari, a equipe segue cautelosa com a análise dos dados, por conta das condições adversas. A baixa aderência e a chova tornaram a corrida em algo bem diferente de um final de semana seco.

Vettel acredita que a Turquia colocou uma ênfase na habilidade do piloto em vez da qualidade do carro, mas em pista seca, a performance do modelo ganha importância novamente.

"A verdade é que assim você tem a habilidade de fazer a diferença, porque é muito escorregadio e no limite. Você ainda depende de acertar a temperatura dos pneus e o funcionamento do carro, mas você tem mais espaço para se expressar".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1, MotoGP e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Rubinho relata emoção com filhos nas 500 Milhas de Kart e Motorsport.com estreia bem com o 11° lugar

Podcast #076 – Hamilton x Schumacher: a comparação entre os campeões da F1

 

compartilhar
comentários
Hamilton afirma que Mercedes solucionou 'fragilidade' do carro em 2020; entenda

Artigo anterior

Hamilton afirma que Mercedes solucionou 'fragilidade' do carro em 2020; entenda

Próximo artigo

Grosjean lamenta 'geração perdida' de pilotos na F1: "Não tivemos uma oportunidade real"

Grosjean lamenta 'geração perdida' de pilotos na F1: "Não tivemos uma oportunidade real"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble