Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
13 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
41 dias

FIA discutirá substituição de Charlie Whiting com equipes da F1

compartilhar
comentários
FIA discutirá substituição de Charlie Whiting com equipes da F1
Por:
15 de mar de 2019 17:48

Entidade que regulamenta a categoria vai consultar escuderias sobre cargo de diretor de provas, vago com morte de Whiting

Após o falecimento do diretor de prova Charlie Whiting, a Fórmula 1 se organiza para apontar um substituto de longo prazo ao britânico, que exercia a função desde 1997 e participava da categoria desde 1977. Presidente da FIA, Jean Todt disse que o órgão que regulamenta a categoria trabalhará de perto com as equipes para definir a melhor forma de fazer a nomeação.

Logo antes do GP da Austrália, que abre a temporada 2019, o paddock da F1 ficou em choque com a notícia da morte de Whiting. Ele faleceu nas primeiras horas da manhã de quinta-feira por causa de uma embolia pulmonar.

Todt disse que a FIA está tomando medidas de "emergência" para a corrida deste fim de semana, em Melbourne. O australiano Michael Masi assume o cargo de diretor de provas no GP de seu país, enquanto a federação estuda como lidará com a substituição em definitivo.

Leia também:


Whiting também exercia funções importantes relacionadas à segurança de monopostos e circuitos, além de outras questões técnicas. Não está claro se a FIA decidirá apontar apenas uma pessoa para assumir todas as responsabilidades de Whiting ou se os papéis serão divididos entre vários nomes.

"Você pode imaginar que fomos pegos de surpresa", disse Todt, que manteve um minuto de silêncio em memória de Whiting antes de uma entrevista coletiva. “Recebi um telefonema muito cedo. Estava na Tasmânia quando o médico me ligou para informar que estava ao lado de Charlie, que não acordou".

“Portanto, não tínhamos um plano para ter uma organização diferente. Mas agora temos essa situação de emergência. Para o fim de semana, temos um plano de emergência. Depois, vamos trabalhar muito de perto com as equipes de F1. Nossa equipe em Genebra está tentando ver o que implementar para o futuro”.

Embora a FIA ainda não tenha tomado uma decisão, Todt disse que um plano de sucessão já vinha sendo trabalhado. "O futuro do departamento de F1 é algo que tocamos por um bom tempo, inclusive com Charlie. Sabíamos que ele não teria essa posição para sempre, então estávamos pensando em um plano futuro. Infelizmente, teremos que implementar isso antes do que esperávamos. Mas vamos trabalhar para isso”.

Charlie Whiting, Race Director, FIA, speaks at the Thursday FIA Press Conference

Charlie Whiting, Race Director, FIA, speaks at the Thursday FIA Press Conference

Photo by: Glenn Dunbar / LAT Images

Próximo artigo
Renault: Parceria entre equipes grandes e pequenas é perigosa para F1

Artigo anterior

Renault: Parceria entre equipes grandes e pequenas é perigosa para F1

Próximo artigo

Opinião: Vettel tem ano importante para a própria imagem

Opinião: Vettel tem ano importante para a própria imagem
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble