FIA revela nova estrutura de gerenciamento para F1 e anuncia diretor esportivo

Mudança faz parte de reestruturação das operações prometida pelo presidente Mohammed ben Sulayem

A huge FIA flag flies on the grid

A FIA anunciou hoje uma mudança na estrutura de gerenciamento do órgão para a Fórmula 1 e, entre essas novidades, está a contratação de Steve Nielsen, respeitado ex-chefe de equipe, para o cargo de diretor esportivo.

Nielsen, que trabalhou recentemente com a FOMFormula One Management, tem uma longa carreira no esporte, incluindo passagens por Lotus, Tyrrell, Benetton e AlphaTauri.

Leia também:

Em seu novo cargo na FIA, ele será responsável por todas as questões desportivas, incluindo o desenvolvimento da direção de prova e do Centro de Operações Remotas (equivalente ao VAR para o automobilismo), além de futuras atualizações ao regulamento esportivo.

Falando sobre esse novo cargo, Nielsen disse: "Eu passei minha vida profissional trabalhando para muitas equipes e organizações na Fórmula 1, e mal posso esperar para iniciar mais um novo capítulo com a FIA".

"Quero agradecer ao presidente [da FIA, Mohammed ben Sulayem] e [ao CEO da F1] Stefano Domenicali pela confiança em mim, e entendo os desafios únicos que vêm com essa função".

"Tendo trabalhado em proximidade com várias pessoas da Federação ao longo dos anos, mal posso esperar para enfrentar esses desafios. A Fórmula 1 está um ótimo lugar no momento, e é nossa responsabilidade garantir a saúde futura do esporte que está no centro de tudo que fazemos".

Steve Nielsen, Sporting Director, Formula 1

Steve Nielsen, Sporting Director, Formula 1

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

A contratação de Nielsen é uma de várias mudanças que Sulayem vem introduzindo para gerenciar melhor a F1. Nikolas Tombazis, que liderava a equipe técnica da FIA para a F1 desde 2018, terá um cargo mais alto, como Diretor de Categorias de Monopostos.

Nielsem, o diretor técnico Tim Goss, o diretor financeiro Federico Lodi e o diretor de operações François Sicard responderão a Tombazis.

Sulayem acredita que essas mudanças ajudarão a FIA nos trabalhos com a F1: "Temos dedicado muito tempo e esforço para fazer mudanças informadas e significativas à nossa equipe de Fórmula 1, para criar a estrutura correta com as pessoas corretas para supervisionar a futura regulação do esporte".

"Ao desenvolver e empoderar pessoas dentro de nossa organização, além de trazer expertise e experiência de fora, estou confiante de que estamos na melhor posição possível para seguirmos adiante com nossos parceiros na FOM e as equipes da Fórmula 1".

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #212 – Polêmica: as verdades inconvenientes sobre a F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: A evolução de Hamilton como piloto com passar dos anos na Mercedes
Próximo artigo F1: Russell se adaptou melhor ao W13 do que Hamilton, segundo Mercedes

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil