Gasly se diz aberto à Super Fórmula no Japão em 2017

Piloto francês preterido por Daniil Kvyat na Toro Rosso pode fazer o mesmo caminho que Stoffel Vandoorne

Gasly se diz aberto à Super Fórmula no Japão em 2017
Pierre Gasly, Red Bull Racing RB12 Test Driver
Pierre Gasly, Red Bull Racing Third Driver
(L to R): Pierre Gasly, Red Bull Racing Third Driver with Max Verstappen, Red Bull Racing
(L to R): Frederic Vasseur, Renault Sport F1 Team Racing Director with Pierre Gasly, Red Bull Racing Third Driver
Pierre Gasly, Red Bull Racing Third Driver

Pierre Gasly foi um dos candidatos para substituir Daniil Kvyat no plantel da Toro Rosso no próximo ano, antes da Red Bull manter o russo ao lado de Carlos Sainz Jr.

O movimento deixou o piloto júnior da Red Bull à procura de alternativas para 2017, além de ser piloto de reserva do time.

Mas Gasly acredita que competir na Super Fórmula por um ano, como fez o campeão da GP2 de 2015 Stoffel Vandoorne fez este ano, seria positivo para ele.

"Com certeza pode ser um desafio muito bom", disse Gasly ao Motorsport.com. "Falei bastante com Stoffel sobre isso e ele disse: 'sim, é uma boa experiência'."

"Acho que os carros são competitivos, o nível é muito alto também, é uma cultura completamente diferente, mas eu estaria preparado se encontrarmos um bom negócio com uma boa equipe."

O piloto francês, que atualmente é o segundo na classificação da GP2, insiste que está feliz que a Red Bull ainda queira que ele seja o piloto reserva.

"Eles me disseram que querem me manter na equipe, então isso é muito bom, eles estão felizes com a minha temporada e o trabalho que faço na equipe. Para mim, estou feliz com isso", acrescentou.

"Eles querem me manter como piloto reserva. É claro, o alvo era estar em um assento da Toro Rosso, mas eles ainda querem que eu trabalhe para eles."

"Então vamos ver como podemos encontrar a melhor maneira de me preparar para a Fórmula 1. Eu tenho que trabalhar com Daniel e Max e estar sempre com eles. E olhar para o que eles fazem dentro e fora do carro, bem como todos os comentários e coisas assim."

"Para mim, é uma experiência muito boa, então é bom estar aqui e fazer isso pela Red Bull."

Gasly sugeriu que competir na Fórmula 1 em outra equipe está fora de questão neste momento.

"Muitos lugares estão disponíveis, mas precisamos ver o que é o melhor para meu futuro com a Red Bull. É disso que estamos falando no momento. Vamos ver. Acho que logo veremos."

Entrevistado por Erwin Jaeggi

compartilhar
comentários
Horner: Ricciardo e Verstappen "subiram nível" da Red Bull

Artigo anterior

Horner: Ricciardo e Verstappen "subiram nível" da Red Bull

Próximo artigo

Ericsson crê que "mais provável" é seguir na Sauber em 2017

Ericsson crê que "mais provável" é seguir na Sauber em 2017
Carregar comentários