Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
22 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
36 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
64 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
71 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
85 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
99 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
106 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
120 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
127 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
141 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
155 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
183 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
190 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
204 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
211 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
225 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
239 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
246 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
260 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
274 dias

Haas descarta expansão em meio a incertezas sobre 2021

compartilhar
comentários
Haas descarta expansão em meio a incertezas sobre 2021
Por:
18 de jul de 2018 14:06

A Haas afirmou que está temerosa em passar por uma grande expansão interna enquanto as regras de 2021 seguem incertas, mesmo que ela saiba que tal mudança possa acelerar seu processo de crescimento.

Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-18
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-18
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-18, on the grid
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-18
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-18
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-18
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-18

A equipe americana persegue a Renault na luta pelo quarto lugar no Mundial de Construtores, apenas 19 pontos atrás da fabricante francesa perto da metade da temporada.

Mas, apesar de fazer sucesso com um orçamento curto, o chefe da Haas, Gunther Steiner, não acredita que faria sentido iniciar uma busca por contratações no momento.

“Até que saibamos exatamente o que está acontecendo para 2021, sempre crescemos, mas bem devagar”, disse Steiner, quando questionado pelo Motorsport.com sobre os planos da equipe. “Não são muito chegado em quantidade. Prefiro ter qualidade.”

“Não investiremos outros 20 ou 30 milhões, com mais 100 pessoas. Não faremos isso. Não seria inteligente fazer isso neste momento.”

“Não sabemos o que acontecerá em dois anos. Se fizermos isso, pode ser apenas por um ano. O mais cedo que poderemos extrair algo é 2020, e talvez teremos de mudar novamente porque 2021 está chegando.”

“Vamos permanecer como estamos e podemos operar muito bem na tentativa de manter o ritmo.”

O ritmo impressionante da Haas nesta temporada impressionou muita gente, mas Steiner afirmou que a equipe tinha noção do que seria possível quando seu carro de 2018 foi à pista pela primeira vez.

“Acho que tínhamos a sensação de que o carro era bom durante os testes. Todos tiveram essa sensação”, disse. “É difícil quando você não sabe o que os outros mostrarão. Não sabíamos o quão bem nossas novidades funcionariam.”

“Tudo parece estar se encaixando muito melhor do que nas temporadas anteriores. Temos menos pontos do que deveríamos, mas é uma coisa nossa. Há um pouco de azar, mas a maioria foi coisa nossa. Tentamos recuperar um pouco disso ao trabalhar duro.”

Promessas de Steiner

Enquanto que Steiner está relutante em gastar uma fortuna para crescer, o que pode limitar as chances do time em alcançar o quarto lugar em curto prazo, a visão do dirigente foi apoiada por Romain Grosjean.

O piloto francês está comprometido com o time desde a temporada de estreia, em 2016, e afirmou que a atitude de Steiner tem sido notável pelo fato de que ele nunca fez promessas além do possível.

“Eu digo uma coisa: desde que conheci Gunther Steiner, tudo o que ele me disse sobre o futuro aconteceu. É bem impressionante, para ser justo. E há mais potencial na equipe”, disse o piloto.

“Há coisas que podemos melhorar por grande margem. Não sei se estávamos esperando lutar pelo quarto lugar em nosso terceiro ano, mas tudo o que Gunther me disse desde que conversei com ele, em setembro de 2015, aconteceu de verdade, e isso é bem impressionante.”

Reportagem adicional de Ben Anderson e Scott Mitchell

Próximo artigo
Análise técnica: Como serão os novos retrovisores da F1

Artigo anterior

Análise técnica: Como serão os novos retrovisores da F1

Próximo artigo

Proprietário da Force India diz ver “luz no fim do túnel”

Proprietário da Force India diz ver “luz no fim do túnel”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Haas F1 Team
Autor Jonathan Noble