Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
21 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
35 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
63 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
70 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
84 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
98 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
105 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
119 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
126 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
140 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
154 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
182 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
189 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
203 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
210 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
224 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
238 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
245 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
259 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
273 dias

Hamilton: Alonso não ganhou mais títulos por suas decisões

compartilhar
comentários
Hamilton: Alonso não ganhou mais títulos por suas decisões
Por:
Traduzido por: Daniel Betting
1 de nov de 2018 13:53

Lewis Hamilton diz que não lamenta por não ter tido mais duelos com Fernando Alonso pelo campeonato, porque foram as decisões do espanhol que o deixaram de fora

Lewis Hamilton e Fernando Alonso tiveram uma temporada intensa como parceiros na McLaren em 2007, com o atrito entre os dois criando tensão dentro da equipe.

A trajetória de Alonso com Renault e Ferrari depois daquela temporada deixou o espanhol sem poder voltar a lutar de maneira direta contra Hamilton novamente.

Mas o britânico diz que o fato de a disputa pelo título não ter se repetido se deveu, em última análise, ao erro de Alonso de 2014 em acreditar que ele controlava o mercado de pilotos.

Leia também:

"Nesta categoria, quando eu faço uma entrevista coletiva com ele, há perguntas para os dois campeões mundiais, mas na minha cabeça eu sei que ele poderia ter mais títulos. Mas, no final, não é que não teve oportunidades."

"Era um piloto de ponta e poderia ter ido quase para onde queria. E as decisões são muito, muito importantes. As decisões são onde você se coloca. É fundamental se você pensa equivocadamente que controla o mercado de pilotos. Ele pensava que ele controlava [em 2014].

"Mas eu tenho muito respeito por ele. Ele é um grande piloto e eu acho que ao longo dos anos não piorou, porque seu nível de respeito ainda é muito, muito alto, como tem pilotado e como tem explorado fora daqui, em diferentes categorias ".

"Poderia tomar a decisão de deixar este time e ir para outro lugar, o que seria um risco, e essa decisão poderia estar certa ou errada."

Próximo artigo
Red Bull: Queremos que Verstappen seja o mais jovem campeão

Artigo anterior

Red Bull: Queremos que Verstappen seja o mais jovem campeão

Próximo artigo

Alonso apoia “tolerância zero” na abordagem de limites de pista

Alonso apoia “tolerância zero” na abordagem de limites de pista
Carregar comentários