Fórmula 1
02 jul
-
05 jul
Evento encerrado
09 jul
-
12 jul
Evento em andamento . . .
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
6 dias
R
GP de 70º aniversário
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
27 dias
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
48 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
55 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Canceled
24 set
-
27 set
Próximo evento em
76 dias
08 out
-
11 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
104 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
111 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
125 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
139 dias

Hamilton: Foi como se Vettel tivesse parado de pensar

compartilhar
comentários
Hamilton: Foi como se Vettel tivesse parado de pensar
Por:
24 de jun de 2018 19:26

Inglês questiona direção de rival na primeira curva do GP da França, que impediu dobradinha da Mercedes

Apesar de ter 23 pontos a mais que a Ferrari no campeonato de construtores e Lewis Hamilton abrir 14 sobre Sebastian Vettel, o inglês lamenta que seu companheiro, Valtteri Bottas, não tenha completado o que teria sido a segunda dobradinha da temporada de sua equipe.

Mas o 1-2 se tornou impossível quando na primeira curva Vettel tocou em Bottas e causou um dano ao carro da Mercedes que o impediu de ser mais do que o sétimo colocado.

Hamilton lamentou que o desempenho de seu rival pelo título tenha impedido um resultado melhor. "Deveríamos ter feito uma dobradinha hoje", disse ele sobre o ritmo da Mercedes.

O inglês questionou a penalidade recebida por Vettel, cinco segundos, apesar de arruinar a corrida de outro piloto.

"Você se prepara todo final de semana, eles te levam na primeira curva e só dão cinco segundos de penalidade... É como se eles parassem você na estrada por ir rápido demais e a polícia lhe dissesse que você pode continuar", disse ele.

Depois do GP da França, a Mercedes deixou Paul Ricard com 31 pontos e a Ferrari com 25.

"A Ferrari não poderia ter saído daqui com mais pontos do que nós. Estávamos todos indo rápido o suficiente e ele estava muito perto de mim, mas tinha uma visão melhor do que eu. Eu estava olhando para o meu espelho retrovisor e ele estava muito perto e eu tive que frear, mas Valtteri estava à frente."

"Valtteri fez um bom trabalho de ir por fora, mas eu não sei, é estranho porque ele [Vettel] desacelerou e ia virar, mas é como se ele tivesse parado de pensar."

Próximo artigo
Ocon e Gasly recebem reprimendas por acidente na França

Artigo anterior

Ocon e Gasly recebem reprimendas por acidente na França

Próximo artigo

Alonso descarta frustração: “Tenho melhor trabalho do mundo”

Alonso descarta frustração: “Tenho melhor trabalho do mundo”
Carregar comentários