Hamilton, Silverstone, polícia inglesa reforçam pedidos para que fãs evitem GP da Grã-Bretanha

compartilhar
comentários
Hamilton, Silverstone, polícia inglesa reforçam pedidos para que fãs evitem GP da Grã-Bretanha
Por:

Todos reforçaram avisos de alerta para que fãs da Fórmula 1 fiquem longe dos próximos GP da Grã-Bretanha e de 70º aniversário por motivos de segurança contra coronavírus

Silverstone sediará duas corridas da Fórmula 1 sem a presença do público, começando com o GP da Grã-Bretanha no próximo fim de semana, sendo a segunda pista a receber dois eventos consecutivos, já que o evento seguinte será o GP de 70º aniversário no mesmo local.

A administração da pista e a força policial local emitiram avisos para que os fãs de F1 do Reino Unido não se aglomerem perto do autódromo no mês passado e tiveram que refazer isso recentemente, enquanto Lewis Hamilton respondeu a perguntas sobre o assunto no GP da Hungria no fim de semana passado.

Leia também:

O piloto da Mercedes estará competindo em casa com os pilotos britânicos George Russell e Lando Norris. Quando perguntado sobre as advertências policiais, Hamilton disse: “Não é meu trabalho elaborar regras e dizer às pessoas o que fazer.”

“O que vejo na TV são pessoas tentando viver suas vidas durante esse período difícil, mas essa coisa continua a se espalhar.”

“Então, eu sempre tento incentivar as pessoas a manter o distanciamento social e permanecer em casa.”

“E nós realizando um evento, no qual estamos realmente tentando permanecer focados e sempre manter distância de todos enquanto fazemos nosso trabalho. Eu posso entender que as pessoas vão querer assistir à distância, apenas para ouvir o som do carro ou para dar uma espiada nos carros.”

"Mas se isso significa que você está na multidão, isso definitivamente não é uma coisa boa, e eu não aconselho isso."

O chefe de Silverstone, Stuart Pringle, explicou que os avisos eram necessários para evitar que as duas corridas britânicas fossem ameaçadas.

"O requisito do governo é que você possa realizar este evento se as pessoas não estiverem presentes", disse ele ao Motorsport.com.

“Portanto, isso muda completamente se permitirmos que as pessoas estejam presentes - e isso inclui se reunir no portão da frente para ver se conseguem ver os pilotos entrando e saindo.”

“E há muita preocupação na comunidade em torno de Silverstone. Assim como há muita preocupação na comunidade em torno de Anfield [onde os torcedores do Liverpool se reuniram para comemorar o título da Premier League].

 "Esses eventos esportivos não devem ser um ímã para levar as pessoas aos locais e aumentar o risco de transmissão desse vírus.”

“O plano que montamos é cumprir os requisitos do governo. E estamos fazendo isso e fazendo um trabalho completo. Estamos apenas divulgando as mensagens, e divulgá-las cedo, esclarecer e fazer backup com um pouco de autoridade, para que todos saibam que você está falando sério."

Em um comunicado divulgado no início desta semana, o superintendente da polícia de Northamptonshire, Dennis Murray, disse: “Quero reforçar nossas mensagens anteriores. Haverá uma zona de exclusão ao redor do circuito e os fãs de F1 não devem estar nele, mas devem se juntar aos milhões que assistem às corridas na TV.”

“Meus oficiais estarão prestes a intervir qualquer pessoa que cometa crimes e haverá equipes de oficiais controlando rigidamente a área. Não será possível assistir à corrida perto do perímetro e quem tentar fazer isso será removido.”

“Nem será possível estacionar perto do circuito. Todos os leigos estarão com "caminhos claros" e todos os carros deixados sem vigilância serão rebocados.”

"Eu também gostaria de aproveitar esta oportunidade para lembrar às pessoas que o uso de drones será proibido nos dois fins de semana da corrida - a Autoridade de Aviação Civil impôs uma restrição de voo durante todo o período das provas."

Foto 'viralizada' de Norris ilustra como McLaren saiu do buraco na F1; Ricardo Penteado explica

PODCAST: O debate de fãs e 'haters' sobre domínio de Hamilton

 

GPs do Brasil, Canadá, México e Estados Unidos estão próximos de serem cancelados; provas europeias serão incluídas

Artigo anterior

GPs do Brasil, Canadá, México e Estados Unidos estão próximos de serem cancelados; provas europeias serão incluídas

Próximo artigo

Quadro clínico de Zanardi piora e piloto volta ser internado na UTI

Quadro clínico de Zanardi piora e piloto volta ser internado na UTI
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Alex Kalinauckas