Hawkins faz teste com Aston Martin e se torna primeira mulher a guiar um F1 em cinco anos

Piloto britânica é embaixadora do time de Silverstone e guiou o AMR21 no Hungaroring, além de ser conhecida por ter sido dublê em filme de James Bond, o 007

J Hawkins Aston Test

A embaixadora da Aston Martin Jessica Hawkins teve seu primeiro teste com um carro de Fórmula 1, guiando o AMR21 do time britânico no Hungaroring na última semana. Com isso, a piloto britânica encerra um período de quase cinco anos sem uma mulher a bordo de um carro de F1. Ela também ficou conhecida por ter atuado como dublê do filme 007 - Sem Tempo para Morrer.

Hawkins é a primeira mulher a guiar um carro atual ou dos últimos anos desde Tatiana Calderón, que participou de um dia de filmagem com o C37 da Sauber em 2018 no México. A colombiana ainda teve mais uma saída em 2019 com o time suíço, porém, usando uma especificação do C32 de 2013.

Leia também:

A ex-piloto da W Series já havia guiado carros mais antigos de F1 em eventos de demonstração, e vinha aguardando sua chance de testar de fato a Aston, algo que veio após inúmeras sessões no simulador.

O carro de 2021 também vendo sendo usado por Felipe Drugovich como parte do programa de desenvolvimento do brasileiro, que também esteve presente na Hungria. A sessão foi impactada pela chuva pesada, mas Hawkins conseguiu fazer três saídas com a pista seca no fim do dia.

"Quero agradecer a todos na Aston Martin pela confiança em mim, acreditando em mim e por me dar essa oportunidade", disse. "Dei tudo de mim para chegar aqui. Quando ouvi pela primeira vez sobre essa possibilidade, mal podia acreditar. Tive que guardar esse segredo por meses, o que não foi fácil!".

"Mas valeu a pena, e me deu uma visão valiosa. Nada se compara à aceleração e frenagem de um carro de F1 e, tendo olhado para os dados, tenho orgulho de minha performance. Poder guiar o AMR23 foi um sonho que virou realidade. Seguirei focando em mais e, nesse processo, quero inspirar outras mulheres a seguirem seus sonhos, independente de qual seja".

O chefe da Aston Martin, Mike Krack, disse: "Ficamos muito impressionados pela preparação de Jessica para o teste. Ela deu o seu melhor com nossa equipe de simulador, tornando uma decisão fácil de colocá-la no AMR21".

"Jessica abordou a oportunidade com grande maturidade. Ela se acostumou rapidamente e encontrou um bom ritmo. Isso é um momento significativo na jornada de Jessica com a Aston, e estou feliz por darmos a ela o próximo passo em sua jornada de desenvolvimento".

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast debate tensão interna na Mercedes e até quando Pérez 'sobrevive' na Red Bull

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Ecclestone coloca Verstappen como o "melhor piloto da história", acima de Prost e Hamilton
Próximo artigo F1: Russell alega não guardar rancor da Mercedes após equipe 'proteger' Hamilton no Japão

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil