Fórmula 1 GP do Japão

Horner diz que anos de F1 o ensinaram a não ouvir Wolff

Chefe da Red Bull declara que anos convivendo com Toto Wolff, chefe da Mercedes, o ensinou a não dar atenção ao que o rival fala

Christian Horner, diretor da equipe Red Bull Racing

Foto de: Red Bull Content Pool

Christian Horner afirma que aprendeu a não dar muita atenção a Toto Wolff depois que seu rival disse que a disputa pelo título da F1 deste ano já havia terminado. O desempenho dominante de Max Verstappen no GP do Japão, quando conquistou sua terceira vitória em quatro corridas, reforçou o seu favoritismo para ganhar o tetracampeonato nesta temporada.

Leia também:

E, embora a Ferrari, rival mais próxima da Red Bull, espere encontrar ganhos para começar a colocar a Red Bull sob pressão, Wolff acha que é um sonho impossível que alguém possa parar Verstappen.

"Ninguém vai chegar no Max este ano", disse Wolff no Japão. "Sua pilotagem e o carro são simplesmente espetaculares. Você pode ver a maneira como ele gerencia os pneus e, basicamente, esta temporada agora é sobre o melhor do resto."

Mas a Red Bull não acha que as coisas sejam tão simples assim, com Horner aproveitando a oportunidade para dar uma cutucada sutil no rival.

"É muito cedo para descartar seu ano [ano da Mercedes]", disse Horner sobre os comentários de Wolff. "Ainda faltam 20 corridas, mas aprendi a não dar muita atenção ao que Toto disse ao longo dos anos."

Helmut Marko, conselheiro da Red Bull, também apoiou a opinião de Horner de que é muito cedo para os rivais parabenizarem a equipe por já garantir o título, destacando o desempenho da Ferrari.

"Por favor, deixe-me em paz", disse Marko ao site oe24 sobre as falas de Wolff. "Fizemos apenas quatro corridas. Faltam 20. Em Melbourne, vimos como tudo pode mudar rapidamente. A Ferrari é forte e confiável, não podemos descartá-la ainda."

Wolff crava tetra do Vettel com apenas quatro corridas

Wolff crava tetra do Vettel com apenas quatro corridas

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Marko concordou com a avaliação de Wolff, no entanto, de que Verstappen estava dirigindo muito bem no momento.

"Temos um bom carro, mas Max faz a diferença mais uma vez", acrescentou Marko. "Tudo estava claro em Suzuka, mas então Max fez essa incrível volta mais rápida com pneus desgastados, não apenas por diversão, mas para transmitir sua mensagem: 'Olá, o resto de vocês só está aqui para terminar em segundo!", disse o conselheiro da Red Bull.

Apesar de estar ciente de que o campeonato está longe de estar ganho, Horner também reconhece que Verstappen está em uma forma incrível. "Acho que ele está em ótima e o carro está em um ótimo desenvolvimento", comenta o chefe da Red Bull.

"Ele quer saber não apenas quem está atrás dele, mas também quem está atrás do outro e que tempos estão fazendo. A capacidade que ele tem é muito impressionante. Então, sim, a forma que ele tinha no ano passado foi mantida [para este ano]", destaca Horner.

ALONSO fica na ASTON até 26 e com motor HONDA: Ele AGUENTA até os 45 ou devia ter esperado Mercedes?

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast #277 – Leclerc não se ajuda ou é azarado?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Alonso cita ambição da Aston Martin em meio a rumores de Newey na equipe
Próximo artigo Os recordes de longevidade que Alonso pode quebrar na F1

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil