Fórmula 1 GP do Catar

Lawrence Stroll rejeita Andretti na F1: “Funciona muito bem com 10 equipes”

Proprietário da Aston Martin admite publicamente que não gostaria de ver um 11º time no grid

Lawrence Stroll

Depois que a FIA anunciou que o registro da Andretti como a 11ª equipe de Fórmula 1 foi aprovado, o time americano ainda tem um grande obstáculo pela frente: convencer a FOM a também dar luz verde, o que não deve ser fácil.

Em entrevista à Sky Sports, o proprietário da Aston Martin, Lawrence Stroll, pede o bloqueio da chegada da equipe.

Leia também:

“Estou convencido de que as dez equipes estão agora bem e acredito que assim deve continuar”, disse o canadense durante o anúncio da participação do Aston Martin Valkyrie no IMSA e WEC.

O pai do piloto da Aston Martin, Lance Stroll, acredita que uma equipe adicional não é necessária para o crescimento e continuidade do esporte.

“Acho que a F1 está indo muito bem como negócio no momento e o esporte nunca esteve em melhor forma. Eu acredito que você não deveria consertar algo se não estiver quebrado. Portanto, acredito firmemente que está funcionando muito bem com 10 equipes no momento e acredito que é assim que deve continuar.

Um dos principais motivos para permitir a Andretti é o fato de se tratar de um time americano, que oferece oportunidades no grande mercado daquele país. Stroll rejeita firmemente esse argumento.

"Há mais torcedores, mais espectadores nas corridas e o público [alcançado] é maior do que jamais vi. Continuo vendo um crescimento substancial, inclusive nos Estados Unidos, que é o maior mercado consumidor do mundo", disse o dono da equipe de 64 anos.

A F1 também vem ganhando cada vez mais posição nos Estados Unidos nos últimos anos. Por exemplo, um número recorde de GPs acontecerá este ano. O número de espectadores aumenta a cada ano, o que significa que Stroll também acredita que o mercado está sendo suficientemente aproveitado.

“Como sabemos, temos três corridas nos EUA. Estivemos em Miami pela segunda vez este ano e vamos para Las Vegas em novembro. Portanto, vejo oportunidades extraordinárias de crescimento rumo ao futuro”, finalizou o empresário.

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #250 – Andretti é aprovada pela FIA para F1. E agora?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Por que as unidades de potência de 2026 são fundamentais para o mercado de pilotos
Próximo artigo F1 - Leclerc mostra otimismo com Ferrari em 2024: “Aprendemos muito”

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil