Limite de gastos da Fórmula 1: o que é e como funciona?

As equipes de Fórmula 1 estão operando sob um teto de custos para manter o controle de seus gastos, para promover um nivelamento entre as equipes. Entenda o que é o limite de gastos da F1 e como ele funciona

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18, Fernando Alonso, Alpine A522, Carlos Sainz, Ferrari F1-75, Lewis Hamilton, Mercedes W13, the rest of the field at the start

Existem alguns esportes que não exigem um centavo para jogar. Correr, nadar e lutar vêm à mente. O automobilismo – e a Fórmula 1 em particular – sempre foi a antítese disso. Por sua própria natureza, grandes somas de dinheiro são necessárias até mesmo para dar vida a um único Grande Prêmio. A maioria dos pilotos vem de famílias ricas (ou conectadas), sem as quais eles não teriam entrado no automobilismo em primeiro lugar. Os próprios carros representam o auge da tecnologia automotiva, apoiados por marcas que querem mostrar que o seu é o melhor. E vamos apenas dizer que é uma luta que não pode ser vencida com pouco dinheiro.

Leia também:

Ainda assim, como todos os lares comuns do planeta estão descobrindo agora, um pequeno sacrifício pode trazer muitas economias. Nenhuma dessas duas palavras vem naturalmente para os tomadores de decisão imersos em uma luta competitiva, mas o regulamento pode forçá-los a apertar o cinto. E embora essas regras tenham chegado à Fórmula 1 muito mais tarde do que em muitos outros esportes – e até mesmo em outras categorias de automobilismo – agora também são uma grande parte do jogo.

Qual é o limite de gastos da F1?

O limite de gastos da F1 limita o valor que uma equipe pode gastar em seus carros ao longo de um determinado ano civil. Ele entrou em vigor pela primeira vez em 2021. O plano original - que foi elaborado antes da pandemia - era que o limite de gastos fosse de US$ 175 milhões. Mas quando a COVID-19 causou estragos na temporada de 2020 e colocou algumas equipes em uma situação financeira desesperadora, foi reduzido para US$ 145 milhões. O plano era reduzir ainda mais o valor em US$ 5 milhões por temporada para 2022 e 2023, com apenas ajustes inflacionários a partir de então. Esses ajustes já começaram a ser aplicados, no entanto, graças aos aumentos desenfreados de preços que atingiram a economia global em 2022.

Por que a F1 tem um limite de gastos?

Algumas equipes têm orçamentos enormes, enquanto outras se contentam com quantias relativamente modestas de dinheiro. Isso tende a se correlacionar com o desempenho nas pistas e torna quase impossível para as equipes "mais pobres" alcançarem em termos de velocidade. O limite de gastos é principalmente uma tentativa há muito esperada de nivelar as equipes, mas também para garantir que equipes suficientes sobrevivam para formar um grid com dez equipes. Além disso, em um mundo onde há ênfase em economia e sustentabilidade, também é um passo na direção certa para a imagem do esporte.

Largada do GP da Espanha

Largada do GP da Espanha

Photo by: Sam Bloxham / Motorsport Images

O que o teto de gastos inclui?

Qualquer despesa relacionada ao desempenho do carro – mas não dos motores – é relevante para o teto de gastos. Isso inclui:

  • Todas as peças do carro (do volante até as porcas da roda);
  • Todos os elementos necessários para fazer o carro andar;
  • A maioria dos funcionários da equipe;
  • Equipamentos da garagem;
  • Sobressalentes;
  • Custos de transporte;
  • Custos de operações.

A maior área de foco são os custos de desenvolvimento do carro, com as equipes avaliando o que é desenvolvido, quanto é gasto em cada peça fabricada e quantas peças são necessárias e podem ser pagas sem gastos excessivos.

O que não está incluso no teto de gastos?

Existem várias coisas caras que não são cobertas pelo limite de custo, incluindo:

  • Salários dos pilotos;
  • Os salários dos três funcionários mais bem pagos;
  • Custos de viagem;
  • Gastos com marketing;
  • Custos de propriedade e legais;
  • Taxas de entrada e licença;
  • Qualquer atividade fora da F1 ou de carro de estrada;
  • Bônus de funcionários e benefícios médicos de funcionários;
  • Pagamentos de licença parental e doença.

Motores – que são mais complexos porque algumas equipes fazem seus próprios enquanto outros os compram – são cobertos por seu próprio conjunto de regulamentos de custos.

Singapore Grand Prix start

Singapore Grand Prix start

Photo by: Steve Etherington / Motorsport Images

Quais são as punições para as equipes que ultrapassam o limite de gastos da F1?

Além das contravenções processuais relacionadas à denúncia, há uma linha clara em relação às transgressões do limite de custos: exceder o valor definido em 5%. Abaixo desse número, é oficialmente definido como um "pequeno gasto excessivo".

Além disso e as equipes estarão em território de “gasto excessivo de material”. Mas o limite em ambos os lados da linha é bastante embaçada em termos de quais penalidades podem ser aplicadas.

Os gastos são uma área complexa para regular quando você entra em detalhes, então as regras foram deliberadamente escritas para permitir punições caso a caso.

Como tal, a ampla gama de possíveis penalidades que podem ser aplicadas é semelhante para quebras de regras menores e maiores: deduções de pontos da temporada de 2021, exclusão de corridas, multas e limitações de testes em túnel de vento.

Mas há uma diferença fundamental se a equipe gastou mais de 5%: ela pode ser expulsa de um campeonato mundial inteiro.

Quem decide as punições para quem ultrapassa os limites de gastos na F1?

Qualquer penalização serão aplicadas pelo "Cost Cap Adjudication Panel", formado por um grupo de seis juízes indicados pelas equipes e pela FIA.

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Vettel questiona educação que Max Verstappen recebeu de Jos
Próximo artigo F1: Apesar de temporada 'frustrante' Norris não está desanimado na McLaren

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil