Fórmula 1
04 set
Próximo evento em
24 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
31 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
45 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
108 dias

Mercedes vai continuar desenvolvendo DED em 2020, apesar de já estar proibido para 2021

compartilhar
comentários
Mercedes vai continuar desenvolvendo DED em 2020, apesar de já estar proibido para 2021
Por:
, Editor
29 de jul de 2020 12:49

Apesar do sistema já estar proibido para 2021, a equipe vai tirar o máximo de proveito dele em 2020

Uma das grandes polêmicas da temporada 2020 da Fórmula 1, o Sistema de Direção de Eixo Duplo (DED, tradução de DAS, em inglês) da Mercedes, já está proibido pela FIA para o próximo ano após a discussão levantada sobre o dispositivo. Mas isso não vai impedir a equipe de tentar aprender e desenvolver ao máximo a novidade neste ano.

O dispositivo chamou a atenção quando foi apresentado pela primeira vez durante a pré-temporada em fevereiro. O sistema permite que os pilotos ajustem o ângulo das rodas dianteiras de dentro do cockpit, através de um movimento no volante similar ao manche de um avião.

Leia também:

O Sistema foi protestado pela Red Bull no GP da Áustria, com a equipe alegando que ele representa uma quebra do regulamento técnico, mas a FIA determinou que ele cumpre os regulamentos desse ano.

Mas essa não é a situação para 2021, já que uma mudança de regulamento aprovada proibiu o sistema, visando impedir que as rivais desenvolvessem seus próprios sistemas, aumentando os gastos com desenvolvimento em um momento de cortes.

Mas a Mercedes não planeja parar de entender mais sobre sua inovação apesar da proibição, e pretente continuar o processo de desenvolvimento o máximo possível, até que não seja mais permitido seu uso no carro.

"Acho que, para nós, ainda é um sistema muito novo", disse o diretor técnico da equipe James Allison ao Motorsport.com. "Como, onde e quando podemos tirar o melhor proveito deles, continua sendo uma busca para nós".

"A maneira como nós desenvolvemos ainda está aberta durante a temporada. Então não é um livro fechado, e esperamos tirar o máximo possível, se pudermos aprender rapidamente nas próximas etapas".

A dupla da Mercedes tem usado o dispositivo para ajudar no aquecimento de pneus antes das volta de classificação e nas relargadas. Até aqui, a equipe alemã dominou o campeonato, fazendo três poles e três vitórias, não sendo incomodada por nenhum rival.

A equipe visa uma sétima dobradinha consecutiva nos Mundiais de Construtores e de Pilotos, buscando aumentar ainda mais seu recorde, iniciado em 2014.

Max Verstappen entalado na privada? Bernoldi relembra episódio no auge da 'guerra' com Jos, pai do prodígio

Motorsport.com debate o futuro do GP do Brasil de F1, que saiu do calendário de 2020

 

.

F1: Heidfeld diz que expectativas sobre Leclerc não são realistas

Artigo anterior

F1: Heidfeld diz que expectativas sobre Leclerc não são realistas

Próximo artigo

F1: Vettel já tem contrato da Aston em mãos e só falta a assinatura, diz site alemão

F1: Vettel já tem contrato da Aston em mãos e só falta a assinatura, diz site alemão
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Mercedes Compre Agora
Autor Luke Smith