Quais países e pistas mais receberam GPs de F1 na história?

Descubra também quais circuitos menos receberam a categoria ao longo de 74 anos

Max Verstappen, Red Bull Racing RB19, Lando Norris, McLaren MCL60, Oscar Piastri, McLaren MCL60, Charles Leclerc, Ferrari SF-23, Carlos Sainz, Ferrari SF-23, George Russell, Mercedes F1 W14, the rest of the field at the start

Max Verstappen, Red Bull Racing RB19, Lando Norris, McLaren MCL60, Oscar Piastri, McLaren MCL60, Charles Leclerc, Ferrari SF-23, Carlos Sainz, Ferrari SF-23, George Russell, Mercedes F1 W14, the rest of the field at the start

Steven Tee / Motorsport Images

A temporada 2023 da Fórmula 1 chegou ao fim após 22 GPs neste ano, prestes a um recorde de 24 provas em 2024. Desde o primeiro GP da história, realizado em Silverstone em 1950, a categoria já realizou mais de 1.100 corridas ao longo de 74 temporadas, visitando 77 circuitos em 34 países.

Em 2023, os EUA receberam três corridas em Miami, Austin e Las Vegas. Essa foi apenas a terceira vez na história que um mesmo país recebeu três corridas em um mesmo ano, ao lado da Itália em 2020 (Ímola, Mugello e Monza) e o próo EUA em 1982 (Long Beach, Detroit e Las Vegas).

Leia também:

A F1 frequentemente adota nomes diferentes para as corridas que acontecem em um mesmo país em um mesmo ano. Por exemplo, nesta temporada tivemos os GPs de Miami, EUA e Las Vegas. Porém, temos também eventos sem uma lógica, como o GP de San Marino, que acontecia na Itália, em Ímola, fora do microestado.

Qual país recebeu mais GPs de F1?

A Itália é a recordista de GPs de F1, com 105 visitas ao país desde 1950. O país europeu é o único acima da marca de 100, com o GP da Itália acontecendo em Monza em todos os anos exceto um - Ímola recebeu o evento em 1980 enquanto Monza passava por uma reforma.

Essa foi a estreia de Ímola na categoria, mas a pista foi tão bem recebida que entrou o calendário e, desde então, já recebeu mais de 30 provas. O GP da Emilia Romagna, novo nome da etapa de Ímola, marcou a 100ª corrida em solo italiano em 2020.

A Alemanha está em segundo lugar com 79 provas, sendo 41 em Nurburgring, 37em Hockenheim e uma no AVUS. 2024 marcará a nona temporada sem uma prova em solo alemão na história após 2023, 2022, 2021, 2017, 2015, 1960, 1955 e 1950.

O Reino Unido completa o top 3 com 78 provas. Caso o calendário se mantenha estável, em 2025 ele se torna o segundo colocado. Quatro circuitos receberam provas desde 1950: Silverstone, Brands Hatch, Donington Park e Aintree. Vale lembrar que Donington não recebeu o GP da Grã-Bretanha, e sim o GP da Europa de 1993, vencido por Ayrton Senna.

Monza circuit signage

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Monza circuit signage

Silverstone é a recordista de provas no Reino Unido com 56 GPs, sendo um deles o GP dos 70 Anos em 2020. Confira o top 10 países que mais receberam a F1:

País Total Circuitos
Itália 105 4
Alemanha 79 3
Reino Unido 78 4
EUA 76 12
Mônaco 69 1
Bélgica 68 3
França 63 7
Espanha 60 6
Canadá 52 3
Brasil 50 2

Qual pista mais recebeu GPs de F1?

O circuito de Monza, na Itália, é o que mais sediou GPs, com 73 provas sendo realizadas na pista.  traçado italiano foi o palco de várias vitórias inesperadas, como as de Pierre Gasly em 2020, a de Sebastian Vettel em 2008 e a de Daniel Ricciardo com a McLaren em 2021.

Os GPs da Grã-Bretanha e da Itália são os com mais aparições no calendário da F1, com 74 corridas cada desde 1950. Mas é o Circuito de Mônaco que ocupa o segundo lugar na lista, com o principado sediando 69 edições desde 1950. A edição de 2020 foi cancelada devido à pandemia da Covid-19, encerrando uma sequência de 65 anos consecutivos. Foi apenas a quinta vez na história que a prova não aconteceu após uma sequência entre 1951 e 1954.

Em 2022, o futuro do GP de Mônaco parecia incerto em meio a discussões sobre a taxa de realização, direitos televisivos e outras questões. Porém, foi possível chegar a um acordo que mantém a prova no calendário até 2025.

Race winner Lewis Hamilton, McLaren MP4-23 Mercedes

Photo by: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Race winner Lewis Hamilton, McLaren MP4-23 Mercedes

Palco do primeiro GP da história da F1, em 13 de maio de 1950, Silverstone é o terceiro na lista, com 58 GPs, incluindo o GP dos 70 anos de 2020. O GP da Grã-Bretanha aconteceu entre 1963 e 1986 em Brands Hatch.

Pista País Total
Monza Itália 73
Circuito de Mônaco Mônaco 69
Silverstone Reino Unido 58
Spa-Francorchamps Bélgica 56
Circuito Gilles Villeneuve Canadá 42
Nurburgring Alemanha 41
Interlagos Brasil 40
Hungaroring Hungria 38
Hockenheimr Alemanha 37
Red Bull Ring Áustria 37

Quais países receberam menos corridas de F1?

Esta distinção pertence ao Marrocos, com apenas um GP realizado em 1958. A prova aconteceu no circuito de Ain-Diab, usando o trecho costal e a estrada principal entre Casablanca e Azemmour. O GP do Marrocos de 1958 foi a última etapa da temporada, sendo vencida por Stirling Moss em um Vanwall.

Porém, houve uma tragédia durante a prova, quando o motor do Vanwall de Stuart Lewis-Evans explodiu e o carro bateu. Ele morreu no hospital oito dias depois devido às queimaduras causadas pelo incidente.

Com duas provas, o Catar é o segundo país que menos recebeu etapas, em 2021 e 2023. O GP foi realizado pela primeira vez no circuito de Losail, ficando de fora em 2022 por causa da Copa do Mundo. Porém, esse número vai crescer nos próximos anos, com um acordo que garante a etapa no calendário até pelo menos 2032.

Stuart Lewis-Evans,  Vanwall VW4

Photo by: Motorsport Images

Stuart Lewis-Evans, Vanwall VW4

A Índia e a Arábia Saudita vêm na sequência com três GPs cada desde 1950. A Índia sediou um GP entre 2011 e 2013 no Circuito Internacional de Buddh. O evento tinha um acordo de cinco anos, mas a FIA anunciou que o GP não aconteceria em 2014, e os planos de um retorno em 2015 foram por água abaixo após um conflito fiscal com o governo de Uttar Pradesh.

Já a Arábia é uma adição recente ao calendário, com GPs entre 2021 e 2023 no circuito de Jeddah, a segunda pista mais longa da F1 atual, atrás apenas de Spa-Francorchamps.

País Total de GPs Número de circuitos
Marrocos 1 1
Catar 2 1
Índia 3 1
Arábia Saudita 3 1
Coréia do Sul 4 1
Suíça 5 1
Suécia 6 1
Azerbaijão 7 1
Rússia 8 1
Turquia 9 1

Quantas pistas receberam apenas um GP?

Doze pistas receberam apenas um GP da história, incluindo Donnington no Reino Unido, Dallas nos EUA e o Circuito Bugatti em Le Mans, na França. O AVUS, na Alemanha, recebeu apenas um GP, em 1959, sendo famoso pelo seu traçado incomum, projetado em torno de uma via dupla que liga Charlottenburg e Nikolasse.

A pista consistia em duas longas retas com um hairpin no final de cada. Em setembro de 1954, ela recebeu uma prova não-válida para o campeonato, com várias equipes se recusando a participar. Em sua única aparição oficial, o evento trouxe a morte de Jean Behra em uma corrida de apoio após seu Porsche RSK voar por cima da curva norte, ejetando-o para fora levando a uma colisão com um poste.

Fair Park, em Dallas, Texas, sediou apenas uma edição do GP de Dallas em julho de 1984. A prova de 67 voltas viu diversos pilotos sofrerem com o calor forte, com Nigel Mansell desmaiando de exaustão após sair de sua Lotus e tentar empurrar o carro na linha de chegada.

Keke Rosberg, Williams FW09 Honda.

Photo by: LAT Photographic

Keke Rosberg, Williams FW09 Honda.

O calor extremo foi um fator crucial para o cancelamento do contrato com a prova, apesar da F1 ter retornado ao Texas com o GP dos EUA, que acontece agora em outubro / novembro.

Já Pescara recebeu também somente um GP, sendo até hoje o maior circuito a receber a F1 com uma extensão de 25.801km. A pista era feita de vias públicas, sendo o primeiro circuito com uma chicane artificial, construída em 1934. A pista era temida, com Enzo Ferrari se recusando a colocar seus carros na pista.

Já o circuito de rua de Las Vegas foi a adição da F1 ao calendário de 2023, com um acordo plurianual que deve tirá-la dessa lista logo. Apesar da novidade do circuito, Las Vegas já recebeu a F1 em 1981 e 1982 com o GP do Caesars Palace, em um traçado montado no estacionamento do famoso cassino.

Circuito País Anos realizados Total
Ain-diab Circuit Marrocos 1958 1
AVUS Alemanha 1959 1
Fair Park, Dallas EUA

1984

1
Donington Park Reino Unido 1993 1
Las Vegas Strip Circuit EUA 2023 1
Circuit de la Sarthe França 1967 1
Monsanto Park Circuit Portugal 1959 1
Mugello Itália 2020 1
Pescara Itália 1957 1
Riverside International Raceway EUA 1960 1
Sebring International Raceway EUA 1959 1
Zeltweg Air Base Áustria 1964 1

DRUGOVICH e BORTOLETO na mesma equipe de F1? Brasileiros falam sobre 2024 e ALÉM na ASTON e MCLAREN

Podcast #262 – No que a série sobre a Brawn GP acertou e errou?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Mundo do automobilismo presta homenagem a Gil de Ferran: "Ícone e exemplo de ser humano"
Próximo artigo F1: "Poucos sabem o quão importante Gil de Ferran foi para a virada da McLaren", diz empresário; equipe reforça visão

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil