Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
43 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
50 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
64 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
78 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
92 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
99 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
113 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
127 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
134 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
148 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
155 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
169 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
183 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
211 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
218 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
232 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
239 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
253 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
267 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
274 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
288 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
302 dias

Red Bull teve que “estabilizar” Verstappen, diz Helmut Marko

compartilhar
comentários
Red Bull teve que “estabilizar” Verstappen, diz Helmut Marko
Por:
Co-autor: Christian Nimmervoll
28 de jun de 2018 12:02

Depois de início de ano sob pressão, consultor da equipe se alegra com boa recuperação de Max nas duas últimas provas

Max Verstappen, Red Bull Racing celebrates on the podium with the trophy
Dr Helmut Marko, Red Bull Motorsport Consultant
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14, crosses the line to the cheers of his team to take second place
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14, makes a pit stop
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Max Verstappen, Red Bull Racing, 2nd position, arrives on the podium
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14

Consultor de automobilismo da Red Bull, Helmut Marko admitiu que a equipe teve que "estabilizar" Max Verstappen após os erros que arruinaram seu início de temporada.

Verstappen conseguiu pódios seguidos na F1 depois de um início cheio de incidentes em 2018.

Marko disse ao Motorsport.com que as corridas de Verstappen no Canadá e na França são evidência de que ele “é disciplinado e ainda pode guiar muito rápido”, após entrar nas corridas com “um pouco menos de disposição para assumir riscos, mas não muito menos”.

Ele disse: “o problema é que Max colocou muita pressão em si mesmo”.

“De repente, ele cometeu erros com um carro que poderia guiar na frente, o que ele não fez no ano passado, quando seu carro estava longe de ser tão bom. Passamos por todas as variações: como podemos estabilizar o Max?”

“Foi mais uma coincidência do que uma ação programada de ninguém estar lá em Montreal (Verstappen pela primeira vez não foi acompanhado por ninguém de seu staff pessoal, como seu pai e seu empresário). Mas este é o Max que estamos esperando agora. A França foi um ótimo fim de semana sem erros. ”

Marko disse que Verstappen cria problemas para si mesmo quando "quer demais".

Em Mônaco, onde a Red Bull era a força dominante e Ricciardo foi o pole, Verstappen teve que abrir caminho para pontuar depois de largar em último devido a um acidente no treino. Marko disse que foi um incidente desnecessário, dado que ele já estava rápido e apenas perseguia um tempo mais veloz em uma sessão de treinos livres.

"Isso é exatamente o que ele precisa aprender: você não vai ganhar um campeonato só porque está na frente em todas as sessões de treinos", disse Marko. “Por outro lado, estamos felizes por ele ser tão indisciplinado”.

“É mais fácil fazer com que ele se acalme do que construir um piloto não tão rápido ou agressivo nessa direção.”

Marko disse que Verstappen encontrou agora "a medida certa do risco", destacando sua disputa com Valtteri Bottas no começo do GP do Canadá como um exemplo.

"A agressividade e o espírito de luta fazem com que ele se destaque", disse Marko. "É por isso que sempre defendi ele."

Marko disse que era uma "necessidade" para a Red Bull apoiar Verstappen tanto quanto possível enquanto ele for "jovem e estiver no centro das atenções".

"Na Áustria, ele será acompanhado por 18 mil holandeses – provavelmente ainda mais depois do segundo lugar na França", disse ele.

“Ele tem status de cult em seu país de origem e na Bélgica. Lidar com isso aos 20 anos de idade não é tão fácil”.

Próximo artigo
Renault descarta fazer proposta para atrair Newey

Artigo anterior

Renault descarta fazer proposta para atrair Newey

Próximo artigo

Mercedes lança grande pacote de atualizações na Áustria

Mercedes lança grande pacote de atualizações na Áustria
Carregar comentários