Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
43 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
50 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
64 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
78 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
92 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
99 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
113 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
127 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
134 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
148 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
155 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
169 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
183 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
211 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
218 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
232 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
239 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
253 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
267 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
274 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
288 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
302 dias

Rosberg e Webber rasgam elogios a Hamilton por vitória em Mônaco

compartilhar
comentários
Rosberg e Webber rasgam elogios a Hamilton por vitória em Mônaco
Por:
30 de mai de 2019 12:27

Antigos companheiros de Hamilton e Vettel já triunfaram nas ruas de Monte Carlo e valorizaram esforço do inglês para segurar Verstappen e garantir a vitória

Após a vitória no GP de Mônaco da Fórmula 1, Lewis Hamilton foi exaltado por um antigo rival e por outro ex-piloto com o qual disputou inúmeros GPs na categoria máxima do automobilismo mundial. Também vencedores da etapa monegasca, Nico Rosberg e Mark Webber rasgaram elogios ao pentacampeão por sua performance no Principado, em que o britânico segurou Max Verstappen, da Red Bull, nos estágios finais. “Trabalho incrível”, nas palavras de Rosberg.

Leia também:

Já Webber, que venceu a prova em 2010 e em 2012 pela Red Bull, reconheceu que deve ter sido muito difícil para Hamilton permanecer à frente dos rivais com pneus claramente desgastados. “É uma sensação horrível, mesmo quando você está na frente”, disse o australiano ao Motorsport.com. “Ele sabia que nunca entraria nos boxes, mas essa é uma forma muito, muito difícil de vencer uma corrida, especialmente em Mônaco”.

“Você podia ver que ele não tinha aderência nos pneus frontais, o ritmo lento era evidente em alguns pontos da pista, como na Loews, na Rascasse ou na Portier, e obviamente se você adicionar o ingrediente de um Max Verstappen atrás de você com um composto diferente de pneus, é uma dor de cabeça”.

“Ele teve uma oscilação mental no meio da prova, mas manteve uma direção muito, muito cirúrgica, o que é algo que você espera dele. Não imaginei, nem por um minuto, Lewis no muro. Eu imaginei que ele poderia perder por falta de aderência ou que algo pudesse acontecer com Max, mas não esperei por um erro de Hamilton”.

Nico Rosberg, que venceu em Mônaco como companheiro de Hamilton na Mercedes, em 2013, 2014 e 2015, também destacou a performance do pentacampeão. “Porque ele não foi o mais rápido no treino classificatório, talvez nem o segundo mais rápido, mas ele marcou a pole mesmo assim. E então a corrida foi incrível”.

“A equipe bagunçou as coisas um pouco para ele, mas Lewis pilotou do jeito que precisava. Ele gerenciou a situação perfeitamente, então foi realmente espetacular”, ponderou o alemão.

Webber ainda comentou a abordagem de Hamilton com a Mercedes nos boxes: “Eu acho que o pessoal estava conversando com ele apenas para justificar o cenário. Eles claramente escolheram os pneus errados, não podiam afirmar que eram os corretos, porque não era o caso”.

O australiano também ficou satisfeito por ver Verstappen fazer uma tentativa de passar Hamilton nas voltas finais. “Lewis podia estar rodando dois ou três segundos mais lento no fim da prova, e ainda assim, seria difícil Max conseguir ultrapassar. Ele teve uma chance, mas Lewis foi mais forte no túnel e a potência da Mercedes foi muito útil em pontos chave da pista”.

“Mas valeu a pena, absolutamente, e ele é um grande piloto. Entrar na pista e ficar atrás por uma hora e meia é algo horrível para sua mente. Colocar a cabeça no travesseiro a noite e pensar que você nem tentou fazer algo seria inaceitável. Esse é o piloto dentro de Max, e isso é o que todos nós queremos ver”.

Próximo artigo
F1: Honda acredita que seu motor pode durar o número de GPs ideal

Artigo anterior

F1: Honda acredita que seu motor pode durar o número de GPs ideal

Próximo artigo

GALERIA: Vettel e Leclerc jogam partida com Cristiano Ronaldo, Pirlo e Totti

GALERIA: Vettel e Leclerc jogam partida com Cristiano Ronaldo, Pirlo e Totti
Carregar comentários