Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
23 dias
06 mai
Próximo evento em
65 dias
20 mai
Próximo evento em
79 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
93 dias
10 jun
Próximo evento em
100 dias
24 jun
Próximo evento em
114 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
121 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
135 dias
29 jul
Próximo evento em
149 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
177 dias
02 set
Próximo evento em
184 dias
09 set
Próximo evento em
191 dias
23 set
Próximo evento em
205 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
212 dias
07 out
Próximo evento em
219 dias
21 out
Próximo evento em
233 dias
28 out
Próximo evento em
240 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
276 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
285 dias

Sainz diz não se preocupar com duelo contra Hulkenberg

Piloto espanhol deixa claro que a influência de Hulkenberg no desenvolvimento do carro e sua ausência nessas tarefas após sua chegada no final de 2017 condicionaram seu início à temporada

compartilhar
comentários
Sainz diz não se preocupar com duelo contra Hulkenberg
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault, Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Sergio Perez, Force India, Fernando Alonso, McLaren, Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team and Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso in the Press Conference
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team walks the track
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team walks the track
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team walks the track
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team walks the track

Carlos Sainz ainda não conseguiu superar Nico Hulkenberg na classificação nesta temporada da Fórmula 1, mas o espanhol está confiante e acredita que a diferença entre os dois é reduzida.

Neste fim de semana, o espanhol vai correr em casa no GP da Espanha, no Circuito da Catalunha e espera uma batalha "vibrante" no pelotão intermediário do grid, depois de conquistar em Baku o melhor resultado para Renault desde 2016.

"Foi um bom começo de temporada, mas obviamente o resultado de Baku foi especial. A partir de agora temos que continuar empurrando, melhorando o carro, aprendendo e esperando mais resultados como o de Baku. Temos que ser o quarto time, mas parece que a Force India está se recuperando", disse Sainz na entrevista coletiva da FIA desta quinta-feira.

"Ainda não estou 100% no carro, ainda tenho que adaptar o carro ao meu estilo, estou trabalhando duro e, pouco a pouco, espero alcançar esse nível".

Perguntado se sente pressão para ficar nove pontos atrás de seu companheiro de equipe no campeonato, Sainz responde: "Não, de jeito nenhum. Se eu não confiar no carro, se não estiver bem no carro na classificação, sempre serei um pouco mais lento. Assim que encontrar o equilíbrio e adaptá-lo a mim, os resultados virão sozinhos. É por isso que não me preocupo”.

"Creio que é uma combinação de que o carro está mais adaptado ao Nico e não ter participado do desenvolvimento, mas estou confiante de que isso vai mudar muito em breve. São margens muito curtas e as diferenças são muito pequenas. Eu sei o que preciso do carro e acho que posso tirá-lo logo".

O piloto da Renault reconhece que sonha todos os dias com a vitória na Fórmula 1 e trabalha por isso.

"Ganhar dentro de quatro dias soa bem para mim. É algo que eu realmente queria. Ganhar em casa tem que ser muito especial e é para isso que estou trabalhando. Cada vez que eu treino, eu vou para a cama, eu tenho um sonho: vencer uma corrida de F1 e ganhar o campeonato. Quem sabe em 10 anos isso mude e o sonho passe a ser Le Mans, embora eu duvide que aconteça agora".

Embora Sainz não tenha conseguido ultrapassar Hulkenberg e marche atrás do alemão no Mundial, a Renault já mostrou um claro interesse em renovar com o espanhol e estender seu relacionamento para além de 2018.

"Talvez isso queira dizer que não é tão ruim quanto parece. Isso significa que eu estou trabalhando muito duro. Meus chefes na F1 apreciam o trabalho que estou fazendo, também em Enstone, estou muito perto e sempre que eu posso estou lá. Por isso estou calmo e confiante. Espero poder devolver para a equipe essa confiança com atuações como a de Baku", diz.

Guia do circuito de Barcelona

 

Ocon admite que foi difícil "digerir" pódio de Pérez em Baku

Artigo anterior

Ocon admite que foi difícil "digerir" pódio de Pérez em Baku

Próximo artigo

Siga o segundo treino livre do GP da Espanha em Tempo Real

Siga o segundo treino livre do GP da Espanha em Tempo Real
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Localização Circuit de Barcelona-Catalunya
Pilotos Carlos Sainz Jr.
Equipes Renault F1 Team
Autor Sergio Lillo