Sainz volta a reclamar de atualizações da McLaren após 5º em Nurburgring: "Um dia de sofrimento"

compartilhar
comentários
Sainz volta a reclamar de atualizações da McLaren após 5º em Nurburgring: "Um dia de sofrimento"
Por:

Espanhol diz que equipe precisa "investigar" atualizações em dia que Racing Point supera equipe de Woking no campeonato

O domingo do GP de Eifel de Fórmula 1, em Nürburgring, terminou melhor do que o esperado para Carlos Sainz Jr., que fechou a corrida na quinta posição depois da decepção com as atualizações da McLaren no sábado. No entanto, o espanhol seguiu reclamando das mudanças e afirmou que a equipe precisa "investigar o que há neste novo pacote que não me dá nenhuma sensação positiva".

Leia também:

Sainz conseguiu pular de décimo para a quinta posição nas primeiras 20 voltas. Depois das paradas nos boxes, precisou fazer ultrapassagens e contar com abandonos de rivais para voltar ao top-5, onde terminou a corrida. Porém, o resultado não deixou o espanhol feliz.

“Bem, eu não estou muito feliz, realmente". disse Sainz à Movistar. "É um quinto lugar que parece pouco quando se vê Ricciardo no pódio e Pérez à frente, e que perdemos uma oportunidade de lutar por esse terceiro lugar. Com o carro que tive hoje não pude brigar pelo pódio, mas talvez pudesse com o de duas corridas atrás”.

Sainz detalhou quais efeitos as atualizações da McLaren tiveram no carro da equipe britânica.

“Foi uma corrida super complicada. Temos muito mais granulação dos pneus que o resto, o carro sai muito de frente e isso causa mais degradação dos pneus. Mas espero que isso sirva para fazermos análise dos dados dessas 60 voltas e voltarmos à fábrica para investigar o que há neste novo pacote que não me dá nenhuma sensação positiva e não nos dá as sensações e o desempenho que esperávamos ”.

Sainz deixa claro que não foi um domingo fácil e que em nenhum momento ele se sentiu confortável com o carro em Nurburgring.

“A corrida começou mais quando Ocon teve o problema e consegui ficar de frente para o ar limpo e alongar a vida dos pneus mais do que esperava e começar a tirar a vantagem para Pérez e Lando. Mesmo assim foi sofrido. Um dia de sofrimento, não estava constante, nem confortável com o carro ”, acrescentou.

"É um quinto lugar que tem um gosto bom porque nos deu dez pontos, mas quando você luta por 60 voltas na corrida, acaba um pouco deslocado."

De olho na próxima corrida, em Portimão (Portugal), e após a saída de Norris, Sainz espera encontrar respostas, depois de ver que a Renault encostou na McLaren no campeonato de construtores e que a Racing Point os ultrapassou na tabela.

“Teremos que averiguar o que aconteceu com o Lando, porque são pontos perdidos que foram importantes para o campeonato. Continuam a se aproximar de nós aos poucos, se já não nos ultrapassaram. Entre a falha do motor de Lando e o quão pouco rendemos neste final de semana, principalmente com o meu carro, temos muito serviço a fazer”, finalizou.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre F1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PÓDIO: Histórico! Hamilton iguala Schumacher em vitórias na F1 no GP de Eifel

PODCAST: A F1 perde força com a saída da Honda?

 

Ricciardo celebra pódio e cumprimento de aposta de tatuagem com Abiteboul: "É real. Vai acontecer"

Artigo anterior

Ricciardo celebra pódio e cumprimento de aposta de tatuagem com Abiteboul: "É real. Vai acontecer"

Próximo artigo

Bottas diz que "precisa de milagre" para alcançar Hamilton mas se recusa a jogar a toalha

Bottas diz que "precisa de milagre" para alcançar Hamilton mas se recusa a jogar a toalha
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Eifel
Pilotos Carlos Sainz Jr.
Autor Sergio Lillo