Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
48 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
55 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
69 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
83 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
97 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
104 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
118 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
132 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
139 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
153 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
160 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
174 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
188 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
216 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
223 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
237 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
244 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
258 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
272 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
279 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
293 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
307 dias

Sauber: boa forma de Ericsson ajudou Leclerc a se destacar

compartilhar
comentários
Sauber: boa forma de Ericsson ajudou Leclerc a se destacar
8 de jan de 2019 13:22

Fred Vasseur diz que temporada do monegasco foi ainda mais impressionante pelo fato de sueco ter progredido como piloto em 2018

O chefe da Sauber, Frederic Vasseur, considera que Charles Leclerc se destacou na temporada de 2018 da F1 também pelo fato de sua referência interna, Marcus Ericsson, ter progredido como piloto.

Leclerc chamou a atenção em sua primeira temporada completa na F1, sendo um elemento constante na zona de pontuação com a Sauber. Com isso, o monegasco foi promovido a titular da Ferrari em 2019, trocando de lugar com Kimi Raikkonen.

Para Vasseur, os resultados de Leclerc são ainda mais impressionantes pelo fato de Ericsson ter dado um saldo de qualidade de 2017 em diante.

“Acho que ele [Leclerc] fez um ótimo trabalho, e ele fez um ótimo trabalho também porque Marcus estava progredindo”, analisou, segundo a revista americana RACER.

“Se você considerar Marcus em comparação a 2017, ele deu um enorme salto à frente. Quando ele foi à pista pela primeira vez, em Melbourne, ele estava 6 kg mais leve do que em relação ao ano anterior, e desde ali ele deu um passo à frente.”

O dirigente exemplifica: “Até mesmo na parte final da temporada ele vinha com os mesmos tempos de volta que Charles. Ele esteve à frente de Charles em São Paulo, logo atrás em Austin, e também foi muito útil para Charles ter em alguém como Marcus uma referência.”

“Marcus também tem a vantagem de ter um retorno técnico muito bom, e ele nos ajudou muito em alguns estágios da temporada para tomar decisões do lado técnico. Quando você chega à F1 da F2, não é fácil ter uma referência de performance.”

Leclerc guiará ao lado de Sebastian Vettel em 2019, enquanto que Marcus Ericsson, fora da Sauber como titular, correrá na Indy em tempo integral pela equipe Schmidt Peterson.

Próximo artigo
Ex-Mercedes, Wehrlein será piloto de desenvolvimento da Ferrari

Artigo anterior

Ex-Mercedes, Wehrlein será piloto de desenvolvimento da Ferrari

Próximo artigo

Mesmo feliz com Honda, RBR crê que será difícil fazer ano com 3 motores

Mesmo feliz com Honda, RBR crê que será difícil fazer ano com 3 motores
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Marcus Ericsson , Charles Leclerc
Equipes Sauber