Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Sirotkin diz que sente muito por situação da Williams na F1

compartilhar
comentários
Sirotkin diz que sente muito por situação da Williams na F1
Por:
28 de fev de 2019 13:54

Piloto russo lamenta momento atravessado por equipe que defendeu no último ano: “sei o que eles merecem”

O ex-piloto da Williams, Sergey Sirotkin, disse que sente muito por sua antiga equipe pelas dificuldades que tem enfrentado nos testes de pré-temporada.

A equipe britânica perdeu os dois primeiros dias e meio de testes por conta de atrasos na construção de seu novo FW42, e tem estado quase sempre como a pior na tabela de tempos nos testes de Barcelona.

"Todos nós sabemos que a equipe está em uma posição muito difícil, mas ao mesmo tempo eu tenho muitos amigos ótimos lá, muitas pessoas", disse Sirotkin.

“Eu sei que passamos apenas uma temporada juntos, mas pelo fato de ser um ano muito longo e por passarmos tantos dias juntos na fábrica e juntos nas pistas trabalhando em uma situação tão difícil, realmente sinto que estive lá por muito tempo.”

“Eu sei quanto trabalho todos nós juntos colocamos no desenvolvimento e sinto muito que, devido a certas dificuldades, não estejamos vendo um bom resultado em termos de desempenho. Eu prefiro não comentar muito. Apenas, como conheço as pessoas de lá, sei o que elas merecem.”

"Eu só quero desejar a eles tudo de melhor e espero que eles consigam o que merecem."

Sirotkin tem como alvo um retorno à F1 em temporadas futuras e é por isso que ele voltou para a Renault, onde atuou como piloto reserva em 2017 antes de obter uma chance na Williams.

“Sempre pensamos no que podemos fazer para permanecer no paddock da F1 e continuar no sistema, nos negócios daqui”, disse Sirotkin.

“Então fizemos o acordo com a Renault, o que é ótimo. É uma ótima equipe, conheço muitas pessoas e estive aqui em 2017 e em 2016. É uma situação perfeita que aconteceu depois que competir não era mais possível."

Sirotkin disse que não nutre ressentimentos por ter perdido a vaga na Williams, tendo admitido no final de 2018 que sua saída da Fórmula 1 o atingiu com força.

“É bom estar falando sobre tudo isso, mas é uma pena não poder entrar no carro e fazer as coisas que aprendi agora. Mas foi um bom momento para repensar tudo e obter o melhor conhecimento do que aconteceu."

Próximo artigo
Para Bottas, Mercedes precisa de mais se quiser competir com a Ferrari

Artigo anterior

Para Bottas, Mercedes precisa de mais se quiser competir com a Ferrari

Próximo artigo

Leclerc diz que apostaria dinheiro em vitória da Ferrari na Austrália

Leclerc diz que apostaria dinheiro em vitória da Ferrari na Austrália
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Sergey Sirotkin
Equipes Williams , Renault F1 Team
Autor Scott Mitchell