Últimas notícias

Toro Rosso diz que deve chegar ao Q3 com novo motor Honda

A Toro Rosso deve alcançar a fase final da classificação para o GP do Japão com a novidade no motor Honda, declarou o chefe da equipe italiana, Franz Tost.

Brendon Hartley, Toro Rosso STR13

A Honda espera que sua terceira especificação de motor seja capaz de completar a distância inteira de um fim de semana de GP após sua introdução nos treinos livres para o GP da Rússia.

A Toro Rosso reportou um passo à frente significativo em performance com o motor atualizado, sendo que Brendon Hartley fechou o dia no top 10.

Tost disse: “Com a terceira especificação do motor, deveremos estar no Q3. Deveremos estar à frente da Sauber, já que eles nos colocam muita pressão no campeonato de construtores.”

A equipe não pontua na F1 desde a Bélgica e tem apenas uma participação no top 10 em largadas nas últimas quatro corridas, com uma aparição surpresa no Q3 em Monza.

No entanto, o motor atualizado e a novidade no carro que está programada para os Estados Unidos deverão permitir que a Toro Rosso reaja contra suas rivais.

O chefe esportivo da Honda, Masashi Yamamoto, admitiu que o motor atualizado demorou mais do que a fabricante gostaria, mas se disse certo de que as irregularidades detectadas na última semana foram solucionadas.

“Não fomos tão rápidos no desenvolvimento como queríamos”, disse. “Recentemente, tudo foi muito melhor, especialmente no que diz respeito à câmara de combustão.”

“Nós conseguimos melhorá-la e finalmente ela foi completada de forma bem sucedida. Os problemas que tivemos com o outro motor eram relacionados à calibragem.”

“Já consertamos isso desde a Rússia. Suponho que o senhor Tost possa ficar ansioso para um ótimo fim de semana.”

No último fim de semana, Tost e Max Verstappen, piloto da Red Bull que usará motores Honda em 2019, declararam que a novidade da Honda foi suficiente para que a fabricante japonesa deixasse a Renault para trás.

Yamamoto disse que era cedo demais para fazer comparações. “A terceira especificação, que trouxemos na Rússia, obviamente não correu ainda, então esta será a primeira oportunidade aqui”, disse.

 “Será mais comparável aos outros motores que usamos antes. Não só o motor, mas a performance inteira dele com o carro.”

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Hakkinen anda em McLaren na qual foi campeão 20 anos depois
Próximo artigo Hamilton quer pneus "três passos mais macios" em 2019

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil