Tranquilo, Sette Câmara se diz pronto para teste na F1

Em entrevista exclusiva ao Motorsport.com Brasil, piloto de 18 anos admite ter sido informado sobre novo desafio apenas no último sábado

Tranquilo, Sette Câmara se diz pronto para teste na F1
Lance Stroll, Anthoine Hubert e Sérgio Sette Câmara
start, Lance Stroll, Prema Powerteam Dallara F312 - Mercedes-Benz, Joel Eriksson, Motopark Dallara F312 - Volkswagen, Sérgio Sette Câmara, Motopark Dallara F312 - Volkswagen
Sérgio Sette Câmara, Motopark Dallara F312 - Volkswagen
Nick Cassidy, Prema Powerteam Dallara F312 - Mercedes-Benz, Sérgio Sette Câmara, Motopark Dallara F312 - Volkswagen
autograph session, Sérgio Sette Câmara, Motopark Dallara F312 - Volkswagen
Sérgio Sette Câmara, Motopark Dallara F312 - Volkswagen
Sérgio Sette Câmara, Motopark Dallara F312 – Volkswagen
Podium: Sérgio Sette Câmara, Motopark Dallara F312 – Volkswagen
Podium: Sérgio Sette Câmara, Motopark Dallara F312 – Volkswagen, George Russell, HitechGP Dallara F312 – Mercedes-Benz, Callum Ilott, Van Amersfoort Racing Dallara F312 – Mercedes-Benz
Carregar reprodutor de áudio

O dia 13 de julho guarda a estreia de Sergio Camara na F1. O mineiro de 18 anos fará treino com a Toro Rosso, no segundo dia de testes privados em Silverstone. A notícia divulgada na segunda-feira agitou o noticiário do automobilismo nacional e encheu de esperanças aqueles que acompanham a carreira do jovem piloto e os que almejam ver mais brasileiros na maior categoria de monopostos do mundo.

Falando com exclusividade ao Motorsport.com Brasil, Sérgio comentou como foi que ficou sabendo da grande novidade.

"Todos queriam me poupar da notícia do teste e fiquei sabendo apenas no sábado à noite", disse Sette Câmara. "Claro que eu já estava desconfiado, ouvindo alguma coisa aqui e ali, mas mesmo assim foi uma surpresa."

"Me contaram no sábado, mas não teve problema nenhum, porque o domingo foi meu melhor dia na F3 em Norisring. Foi a única que consegui terminar. Fiquei motivado e feliz."

Sette Câmara também falou sobre a preparação.

"Acho que é um bom momento para fazer o teste, estou preparado sim. Fiquei bastante tempo no simulador lá na Red Bull, acho que fiz um bom trabalho. Tentarei fazer um dia consistente, sem errar, mostrando que tenho maturidade."

O programa da Red Bull é conhecido por ser exigente e ir adiante pode ser algo de se tirar o sono. O representante brasileiro da F3 europeia imaginou a véspera do grande dia. Será que ele vai conseguir dormir?

"Acho que vou dormir super bem, por mais que seja um treino oficial de F1, nada se compara a adrenalina de uma corrida. Estou ali fazendo o que eu gosto, então não tenho motivos de perder o sono por causa disso. Vou dormir muito bem."

É sabido que esta não será a primeira vez que Sérgio terá um contato maior com a F1. Participando de eventos da equipe e de treinos em simuladores, ele relata quem das figuras atuais que estão na categoria já trocou experiências.

"Conheço melhor o Max, porque ele correu em uma geração de kart parecida com a minha, ele é um pouco mais velho, mas cheguei a vê-lo no mundo do kart. Sei que ele é muito gente boa. Fora ele, já cumprimentei o Sainz, o Ricciardo e o Kvyat nunca conheci pessoalmente."

"Não conheço muito os pilotos da F1, ainda não tem como saber se me dou bem com eles. Já conversei com alguns, como o Verstappen, o Massa, Nasr e o Alonso. Todos eles são muito legais. Mas até porque eu não estou competindo com eles, não tem como me dar mal, não é?", completou o piloto.

compartilhar
comentários
Por bom retrospecto, Massa espera Williams forte na Áustria
Artigo anterior

Por bom retrospecto, Massa espera Williams forte na Áustria

Próximo artigo

Na onda de Verstappen, Assen diz querer receber GP de F1

Na onda de Verstappen, Assen diz querer receber GP de F1
Carregar comentários