Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
43 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
50 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
64 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
78 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
92 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
99 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
113 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
127 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
134 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
148 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
155 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
169 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
183 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
211 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
218 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
232 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
239 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
253 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
267 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
274 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
288 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
302 dias

Vettel não queria ser “idiota” em defesa frente a Hamilton

compartilhar
comentários
Vettel não queria ser “idiota” em defesa frente a Hamilton
Por:
Co-autor: Adam Cooper
1 de out de 2018 14:53

Alemão lamenta ter cedido posição logo após saída de Hamilton dos pits, e diz que poderia ter mantido britânico atrás

Fazendo o chamado undercut, Sebastian Vettel ultrapassou Hamilton pelo segundo lugar, parando antes do britânico, mas rapidamente foi pressionado pelo líder do campeonato.

Ele bloqueou o ataque inicial de Hamilton na curva 2 – o que o britânico descreveu como um "movimento duplo" que foi investigado pelos comissários, mas não resultou em mais nenhuma ação.

Vettel, que disse que "não tinha intenção de irritar" seu rival na curva 2, não teve sucesso em defender um ataque subsequente na curva 4.

"Obviamente, fiquei comprometido em sair da segunda curva defendendo minha posição", lembrou Vettel.

“Então foi muito difícil ver onde ele estava, não consegui vê-lo por muito tempo. E então só vi seus pneus. Eu sabia que ele estava em algum lugar lá. Eu não queria ser um idiota completo, o empurrando para a sujeira e, potencialmente, para a parede. Então, eu não tinha muita certeza de onde ele estava e, em algum momento, tive que ceder.”

“Eu pensei que talvez pudesse revidar após a curva 4, mas eu tive que dar a ele a entrada. Caso contrário, em algum momento isso só se torna bobo. Eu não estava feliz quando perdi a posição."

O sucesso da ultrapassagem permitiu à Mercedes inverter Hamilton com o companheiro de equipe Valtteri Bottas. O britânico venceu a corrida e esticou a vantagem de Vettel na corrida pelo título para 50 pontos.

Vettel acredita que ele poderia ter evitado isso e mantido Hamilton atrás, se ele não fosse atrasado por Bottas após sua parada.

“Obviamente, assim que saí na frente, Valtteri encontrou o pedal do freio para tornar a vida um pouco mais difícil para mim, o que não me importei inicialmente porque achei que ele me daria um bom vácuo.”

“Mas sim, obviamente Lewis então se beneficiou dos pneus muito frescos na primeira volta.”

“Infelizmente não conseguimos segurar o segundo lugar por mais uma volta, o que acho que depois disso talvez pudéssemos ter ficado lá por toda a corrida.”

 
Próximo artigo
Top 10: GP da Rússia de Fórmula 1

Artigo anterior

Top 10: GP da Rússia de Fórmula 1

Próximo artigo

Corinthians lança 3ª camisa inspirada em Lotus de Senna

Corinthians lança 3ª camisa inspirada em Lotus de Senna
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Localização Sochi Autodrom
Pilotos Lewis Hamilton Compre Agora
Autor Scott Mitchell