Wolff: derrota em Abu Dhabi foi "um puxão de orelha" para a Mercedes

Chefe de equipe da Mercedes lamentou o resultado, mas disse que a Red Bull venceu “de forma justa”

Wolff: derrota em Abu Dhabi foi "um puxão de orelha" para a Mercedes

Toto Wolff disse que a derrota da Mercedes para Max Verstappen no GP de Abu Dhabi de Fórmula 1, que encerrou a temporada neste domingo (13), foi "um puxão de orelha" para a equipe. A Mercedes conquistou o sétimo título consecutivo nos campeonatos de pilotos e construtores em 2020, terminando a temporada com 13 vitórias em 17 corridas.

A equipe estava perseguindo sua sétima vitória consecutiva no Circuito de Yas Marina, mas teve dificuldades para acompanhar o ritmo de Verstappen na Red Bull, que dominou a prova após largar da pole.

Leia também:

Verstappen venceu a corrida com mais de 15 segundos de vantagem, com Valtteri Bottas e Lewis Hamilton em segundo e terceiro lugares, respectivamente, pela Mercedes.

O chefe da equipe da Mercedes, Wolff, sentiu que os dois carros da Red Bull foram "simplesmente mais rápidos do que nós" durante o final de semana em Abu Dhabi e temia que Alex Albon ultrapassasse Hamilton em terceiro nos estágios finais.

"Você pode ver que todo mundo tem fraquezas e não estávamos em nosso jogo A neste final de semana", disse Wolff.

"Isso é simplesmente um fato. A Red Bull venceu de forma justa. Você pode ver que Albon também fez uma corrida muito boa, então eles têm um carro de corrida muito bom e mostra que quando o carro deles está no lugar certo, os dois pilotos fazem um trabalho realmente bom”.

"Provavelmente o ritmo de Albon foi mais rápido do que o nosso no final. Eles poderiam estar bem à frente, e ainda pior para nós”.

"Estamos saindo desta corrida com um puxão de orelha. Não foi um grande final de semana para nós. Foi um carro que nunca nos deixou na mão durante todo o ano, talvez com exceção deste último final de semana”.

Wolff explicou que Bottas e Hamilton foram forçados a administrar seus pneus depois que o safety car forçou uma mudança antecipada para o pneu de composto duro que a Mercedes não tinha certeza de que conseguiria chegar ao fim.

"Ele e Lewis estavam cuidando muito dos pneus, porque não estava claro se o (pneu) duro duraria até o final e havia mais ritmo em ambos", disse Wolff.

“Você pode ver no final, vimos através do setor um, que nosso carro não estava simplesmente virando na cinco e na seis, e o último setor não estava ótimo”.

“Simplesmente tivemos um carro saindo de frente o dia todo hoje. Tivemos um carro que esteve bom na sexta-feira, mas não esteve bom no sábado. Tentamos nas duas direções, enfraquecemos a traseira, nada disso ajudou”.

"Acho que de alguma forma não acertamos”.

Todas as notícias sobre o GP de Abu Dhabi de F1 você acompanha no Motorsport.com e em nosso canal no YouTube. Fique por dentro de todas as novidades e análises, além de conferir nossos programas e vídeos!

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PÓDIO: Verstappen fecha temporada em alta; veja debate sobre os melhores do ano

PODCAST: 'Show' de Russell pode gerar problema para Mercedes?

 

compartilhar
comentários
VÍDEO: Vettel encerra passagem pela Ferrari com música e cerveja
Artigo anterior

VÍDEO: Vettel encerra passagem pela Ferrari com música e cerveja

Próximo artigo

F1: Red Bull e Mercedes se provocam nas redes sociais por RP20

F1: Red Bull e Mercedes se provocam nas redes sociais por RP20
Carregar comentários