Relato de classificação
Fórmula E Portland I

F-E: Evans conquista pole; líder do campeonato, Cassidy, é apenas 11º

Di Grassi é o melhor brasileiro e larga em 13º; Collet é 14º e Sergio Sette Camara, o 22º.

Mitch Evans, Jaguar TCS Racing, Jaguar I-TYPE 6

Mitch Evans, Jaguar TCS Racing, Jaguar I-TYPE 6

Mitch Evans conquistou sua segunda pole da temporada no ePrix de Portland, da Fórmula E. O piloto da Jaguar registrou 1:08.820s, o que o deixou 0,196s à frente de Norman Nato, da Andretti. Isso significa que Evans também ficou a 32 pontos do companheiro de equipe e líder do campeonato Nick Cassidy.

Nato, no entanto, terá que abrir mão de sua posição na primeira fila após receber uma penalidade de 10 posições no grid devido ao acúmulo de infrações na temporada.

Evans avançou para a final depois de marcar 1:08.664s, o tempo mais rápido da classificação, o que o deixou dois décimos e meio à frente de Jake Hughes, da McLaren.

Um erro de Robin Frijns, da Envision, fez com que ele não conseguisse se recuperar no confronto contra Nato, ficando de fora por 0,280s.

Edoardo Mortara perdeu qualquer esperança de avançar para as semifinais quando o piloto da Mahindra saiu na curva 11. Antonio Felix da Costa, da Porsche, também cometeu um erro na mesma curva. Ele perdeu por apenas 0,046s, apesar de ter sido mais rápido nos dois primeiros setores.

Dan Ticktum, da ERT, chegou aos duelos pela primeira vez nesta temporada depois de liderar o segundo grupo de classificação, mas foi 0,083s mais lento que Nato nas quartas, enquanto Evans nunca foi ameaçado por Lucas di Grassi, da Abt, sendo o mais rápido em todos os três setores para terminar com quase quatro décimos de vantagem.

Norman Nato, Andretti Global, Porsche 99X Electric Gen3

Norman Nato, Andretti Global, Porsche 99X Electric Gen3

Photo by: Andrew Ferraro

Antes, o líder do campeonato, Nick Cassidy, não conseguiu passar da fase de grupos. O primeiro a ficar de fora foi Nico Muller, da Abt, seguido por Sebastien Buemi (Envision).

Jean-Eric Vergne terminou em oitavo, com sua última tentativa arruinada devido a lentidão de Sergio Sette Camara na pista.

Sette Camara inicialmente conseguiu passar para os duelos, mas o piloto da ERT perdeu várias de suas melhores voltas por "uso de energia acima do permitido", segundo os comissários.

Sam Bird da McLaren e Maximilian Guenther (Maserati MSG) completaram o grupo, liderado por Hughes, Evans, Di Grassi e Mortara.

Tal como Cassidy, o também protagonista do título Wehrlein não conseguiu avançar para os duelos, terminando em quinto no segundo grupo e perdendo por 0,021s.

Ele foi acompanhado pelo atual campeão Jake Dennis e pelo substituto da Nissan, Caio Collet, que terminou em sétimo em sua estreia na Fórmula E depois de substituir Oliver Rowland.

Formula E Portland E-Prix I Treino Classificatório

   
1
 - 
3
   
Cla Piloto # Voltas Tempo Intervalo km/h
1 New Zealand M. Evans Jaguar Racing 9 1

1'08.820

  166.870
2 France N. Nato Andretti Formula E 17 1

+0.196

1'09.016

0.196 166.396

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior A montanha-russa de Collet da Indy NXT à titularidade da Fórmula E em Portland
Próximo artigo Da Costa vence em Portland após Cassidy e Evans 'jogarem' vitória fora; di Grassi é P11, Sette Câmara P14 e Collet P18

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil