Fórmula E: Vandoorne vence e-Prix de Mônaco e assume liderança da temporada; di Grassi é 6º

Belga aproveitou modo de ataque e incidentes no túnel do principado para triunfar pela primeira vez no ano

Fórmula E: Vandoorne vence e-Prix de Mônaco e assume liderança da temporada; di Grassi é 6º
Carregar reprodutor de áudio

Stoffel Vandoorne conquistou a vitória no E-Prix de Mônaco da Fórmula E, ultrapassando o pole position Mitch Evans para negar ao piloto da Jaguar uma terceira vitória consecutiva na temporada. Os brasileiros Lucas di Grassi e Sergio Sette Câmara terminaram em sexto e 13º, respectivamente.

Leia também:

Após começar forte para combater qualquer ameaça do companheiro de primeira fila, Pascal Wehrlein, o neozelandês manteve a liderança durante o primeiro terço da prova, ditando o ritmo.

No entanto, à medida que a ação da corrida se desenrolou lentamente, Evans foi ameaçado por Wehrlein, que considerou uma ultrapassagem na Nouvelle Chicane, mas decidiu não fazê-la.

Isso ocorreu no momento em que vários pilotos optaram por gastar suas primeiras ativações do modo de ataque, onde Jean-Eric Vergne foi o primeiro entre os ponteiros a usar o modo de potência de 250kW.

Assim, o carro da DS Techeetah estava em posição de assumir a liderança quando Evans e Wehrlein utilizaram seus próprios modos de ataque, enquanto Wehrlein finalmente passou o pole após ele sofrer com a energia disponível.

Evans perdeu mais um lugar para Vandoorne, enquanto Wehrlein passou por Vergne para assumir a liderança da corrida.

No entanto, Wehrlein começou a perder ritmo, dando a liderança a Vergne, que pegou sua segunda dose de modo de ataque na volta seguinte.

Tomando a linha larga no Casino Square, Vergne não teve opção de deixar Vandoorne e Evans passarem, e sua miséria foi agravada quando o Porsche de Wehrlein parado após o túnel causou uma full course yellow, o que fez seu modo de ataque expirar.

Andre Lotterer, Porsche, Porsche 99X Electric, Stoffel Vandoorne, Mercedes-Benz EQ, EQ Silver Arrow 02, Robin Frijns, Envision Racing, Audi e-tron FE07

Andre Lotterer, Porsche, Porsche 99X Electric, Stoffel Vandoorne, Mercedes-Benz EQ, EQ Silver Arrow 02, Robin Frijns, Envision Racing, Audi e-tron FE07

Photo by: Alastair Staley / Motorsport Images

Pouco depois, o Porsche de Andre Lotterer estimulou a chegada do carro de segurança.

Lotterer estava tentando se manter à frente de Oliver Rowland na Sainte Devote, e a investida ambiciosa do britânico não apenas resultou em seu Mahindra batendo na parede, mas também deixou Lotterer sem ter para onde ir, exceto a barreira Tecpro.

Com a corrida recomeçando na volta 21, Vandoorne mal precisou olhar para trás e, embora Evans tenha conseguido diminuir uma diferença que antes era de três segundos, o blga cruzou a linha para garantir a vitória - e a liderança do campeonato.

Evans superou seus problemas de energia anteriores, parcialmente exacerbados por estar na liderança, para construir uma vantagem de dois segundos sobre Vergne e conquistar um segundo lugar conciliador.

O francês completou o pódio após seu período anterior na liderança, embora estivesse sob forte ataque de Robin Frijns no final da corrida, quando o piloto da Envision fez algumas ativações do modo de ataque para subir desde o sétimo lugar no grid.

Antonio Felix da Costa, DS Techeetah, DS E-Tense FE21, Maximilian Gunther, Nissan e.dams, Nissan IM03

Antonio Felix da Costa, DS Techeetah, DS E-Tense FE21, Maximilian Gunther, Nissan e.dams, Nissan IM03

Photo by: Simon Galloway / Motorsport Images

Resultados completos do e-Prix de Mônaco

Cla Piloto Equipe Voltas Tempo Diferença Intervalo
1 Belgium Stoffel Vandoorne Germany Mercedes 30 51'12.473    
2 New Zealand Mitch Evans United Kingdom Jaguar Racing 30 51'13.758 1.285 1.285
3 France Jean-Eric Vergne France Techeetah 30 51'15.766 3.293 2.008
4 Netherlands Robin Frijns United Kingdom Virgin Racing 30 51'15.940 3.467 0.174
5 Portugal Antonio Felix da Costa France Techeetah 30 51'16.425 3.952 0.485
6 Brazil Lucas di Grassi Monaco Venturi 30 51'20.606 8.133 4.181
7 New Zealand Nick Cassidy United Kingdom Virgin Racing 30 51'27.746 15.273 7.140
8 Switzerland Sébastien Buemi France DAMS 30 51'30.246 17.773 2.500
9 United Kingdom Jake Dennis United States Andretti Autosport 30 51'30.293 17.820 0.047
10 Netherlands Nick de Vries Germany Mercedes 30 51'30.756 18.283 0.463
11 United Kingdom Alexander Sims India Mahindra Racing 30 51'31.823 19.350 1.067
12 United Kingdom Dan Ticktum United Kingdom NIO Formula E Team 30 51'32.229 19.756 0.406
13 Brazil Sergio Camara United States Dragon Racing 30 51'35.367 22.894 3.138
14 Italy Antonio Giovinazzi United States Dragon Racing 30 51'35.460 22.987 0.093
15 United Kingdom Oliver Turvey United Kingdom NIO Formula E Team 30 51'35.671 23.198 0.211
16 United States Oliver Askew United States Andretti Autosport 30 51'35.905 23.432 0.234
17 Germany Maximilian Gunther France DAMS 30 51'52.141 39.668 16.236
  Switzerland Edoardo Mortara Monaco Venturi 23 40'23.244 7 Laps 7 Laps
  Germany Andre Lotterer Germany Porsche Team 18 30'28.714 12 Laps 5 Laps
  United Kingdom Oliver Rowland India Mahindra Racing 18 30'28.955 12 Laps 0.241
  Germany Pascal Wehrlein Germany Porsche Team 15 24'11.896 15 Laps 3 Laps
  United Kingdom Sam Bird United Kingdom Jaguar Racing 7 11'38.444 23 Laps 8 Laps

Conheça as origens da rivalidade entre Verstappen e Leclerc

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #175 - Como explicar desempenho constrangedor de Hamilton em Ímola?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Após acordo de patrocínio, montadora britânica TVR avalia entrada na Fórmula E
Artigo anterior

Após acordo de patrocínio, montadora britânica TVR avalia entrada na Fórmula E

Próximo artigo

São Paulo anuncia acordo com Fórmula E para ePrix em março de 2023; corrida será realizada no Sambódromo

São Paulo anuncia acordo com Fórmula E para  ePrix em março de 2023; corrida será realizada no Sambódromo