Frijns é confirmado na Andretti para segundo ano da F-E

compartilhar
comentários
Frijns é confirmado na Andretti para segundo ano da F-E
Por:
Traduzido por: Gabriel Carvalho
17 de set de 2015 16:15

Robin Frijns retorna aos monopostos e será companheiro de Simona de Silvestro na equipe norte-americana para segunda temporada do campeonato de carros elétricos

Robin Frijns, Caterham piloto de testes e reserva
Robin Frijns, Hilmer Motorsport
#1 Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS: Laurens Vanthoor, Robin Frijns
#3 Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS ultra: Stéphane Richelmi, Robin Frijns, Jean-Karl Vernay
Robin Frijns, Caterham piloto de testes e reserva
Robin Frijns, Caterham piloto de testes e reserva

A Andretti confirmou nesta quinta-feira (17) que Robert Frijns será piloto da equipe na segunda temporada da F-E. O holandês, de 24 anos, conquistou os títulos da Fórmula BMW Europeia, da Fórmula Renault 2.0 Eurocup e Fórmula Renault 3.5 entre os anos de 2010 e 2012, além de ter atuado como piloto reserva para as equipes Sauber e a extinta Caterham na F1.

Em 2015, Frijns resolveu se aventurar nos carros de turismo com a Audi e lidera o campeonato na Blancpain Sprint Series. Apesar disso, o piloto seguia buscando retornar aos monopostos e após participar dos testes oficiais da F-E, em Donington Park - pela Andretti - Frijns conseguiu o acordo com o time.

"É uma honra poder fazer parte da família Andretti e poder pilotar para eles na F-E. É uma categoria nova e um desafio novo para mim. Adaptar-me ao estilo de pilotagem, tendo que tomar cuidado com a gestão da energia, será difícil, mas divertido. Estou ansioso para a primeira corrida, em Pequim", disse o holandês.

Frijns será companheiro de Simona de Silvestro. A dupla, então, será praticamente de estreantes, já que a suíça disputou apenas a rodada dupla final, em Londres.

"Estamos muito animados com a chegada de Robin à equipe. Ele fez apenas um teste conosco, mas foi muito bem. Acreditamos que com ele e com Simona temos um time muito forte e estamos prontos para a segunda temporada", disse Michael Andretti, dono da equipe.

O time norte-americano foi um dos que enfrentou sérias dificuldades durante a pré-temporada, obtendo pouca quilometragem com a nova unidade motriz, o que obrigou a Andretti a retornar para o pacote da primeira temporada.

Próximo artigo
Turvey é confirmado ao lado de Nelsinho na China Racing

Artigo anterior

Turvey é confirmado ao lado de Nelsinho na China Racing

Próximo artigo

F-E inclui superpole em classificações da segunda temporada

F-E inclui superpole em classificações da segunda temporada
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Pilotos Robin Frijns
Equipes Andretti Autosport
Autor Valentin Khorounzhiy