Fórmula E
22 nov
-
22 nov
Evento encerrado
R
ePrix de Santiago
17 jan
-
18 jan
Próximo evento em
42 dias
R
ePrix da Cidade do México
14 fev
-
15 fev
Próximo evento em
70 dias
R
ePrix de Marraquexe
27 fev
-
29 fev
Próximo evento em
83 dias
R
ePrix de Sanya
20 mar
-
21 mar
Próximo evento em
105 dias
R
ePrix de Roma
03 abr
-
04 abr
Próximo evento em
119 dias
R
ePrix de Paris
17 abr
-
18 abr
Próximo evento em
133 dias
R
ePrix de Seul
02 mai
-
03 mai
Próximo evento em
148 dias
R
ePrix de Jacarta
05 jun
-
06 jun
Próximo evento em
182 dias
R
ePrix de Berlim
20 jun
-
21 jun
Próximo evento em
197 dias
R
ePrix de Nova York
10 jul
-
11 jul
Próximo evento em
217 dias
R
ePrix de Londres
25 jul
-
25 jul
Próximo evento em
232 dias

Nasr é alvo de críticas de pilotos da Mahindra por batida: “merecia punição”

compartilhar
comentários
Nasr é alvo de críticas de pilotos da Mahindra por batida: “merecia punição”
Por:
12 de mar de 2019 13:42

Piloto brasileiro perdeu controle de seu carro danificado na curva 2 da pista de Hong Kong e tirou d’Ambrosio e Wehrlein da corrida

O ex-líder do campeonato da Fórmula E, Jerome d'Ambrosio, disse que Felipe Nasr merecia uma penalidade por ter causado seu abandono do E-Prix de Hong Kong.

Nasr sofreu grandes danos na primeira volta da corrida depois de colidir com seu companheiro de equipe na Dragon Racing, José Maria Lopez, antes que outro contato fizesse com que sua asa dianteira ficasse sob o assoalho de seu carro e ele batesse na curva 2 sem controle de seu carro. Os dois carros da Mahindra bateram atrás sem conseguir ver o brasileiro parado.

Leia também:

D'Ambrosio, que perdeu a liderança do campeonato para Sam Bird, da Envision Virgin Racing, em Hong Kong, disse ao site Motorsport.com: "Felipe continuou na pista com seu carro danificado e não conseguiu fazer a segunda curva”.

"Eu não entendo por que ele não parou ou pit, honestamente. Eu estava atrás, Pascal estava atrás. Foi [falta de] visibilidade, e o carro [Nasr] bateu.”

"Eu definitivamente acho que ele deveria receber uma penalidade. Você deve ser penalizado por esse tipo de coisa, você não pode encorajar as pessoas a continuar correndo com um carro que eles sabem que vai bater, pois está criando um acidente."

Quando os comentários de d'Ambrosio foram ditos a Nasr pelo Motorsport.com, ele disse: "o que eu posso fazer? Essas coisas são inesperadas".

"A asa dianteira quebra e vai para debaixo do carro, é isso. Pode acontecer com qualquer um.”

Wehrlein também explicou ao Motorsport.com como ele se envolveu na colisão.

"Essa curva é muito apertada, então você não sabe se alguém está preso no muro", disse ele. "Não havia como parar ou escapar. Simplesmente não pude fazer nada para evitar.”

"Eu mantive um espaço de um segundo ou algo em torno disso porque ele [Nasr] estava dirigindo há uma volta e meia [danificado] já, o que é um pouco estranho, porque estava claro que ele não terminar a corrida assim.”

"Não conseguimos ver nada e eu perguntei a Jerome e ele disse que não podia ver nada também.”

"Tínhamos uma diferença de um segundo, mas você não pode desacelerar o carro até zero naquela curva porque é apertada.”

Fiscais removem carros após acidente

Fiscais removem carros após acidente

Photo by: Sam Bloxham / LAT Images

Próximo artigo
TABELA: Mesmo punido, Bird mantém ponta no mundial; Di Grassi é 3º

Artigo anterior

TABELA: Mesmo punido, Bird mantém ponta no mundial; Di Grassi é 3º

Próximo artigo

GALERIA: Após 50º ePrix, relembre momentos brasileiros na F-E

GALERIA: Após 50º ePrix, relembre momentos brasileiros na F-E
Carregar comentários