Wickens fará retorno às pistas em carro da Hyundai do IMSA TCR

Após grande recuperação, canadense terá carro adaptado para corrida em categoria de endurance

Wickens fará retorno às pistas em carro da Hyundai do IMSA TCR

Mais de três anos após um acidente na IndyCar, Robert Wickens retornará à ação pela Bryan Herta Autosport e Hyundai Motor North America no Michelin Pilot Challenge do IMSA.

Wickens está se reabilitando desde seu brutal acidente em Pocono, em agosto de 2018, no qual sofreu fraturas na coluna torácica, pescoço, tíbia e fíbula em ambas as pernas, em ambas as mãos, antebraço direito, cotovelo, quatro costelas, lesão na medula espinhal, uma concussão e uma contusão pulmonar.

Leia também:

Quase 1000 dias depois, em maio do ano passado em Mid-Ohio, Wickens testou um dos Hyundai Velosters da Bryan Herta Autosport que havia sido equipado com controles manuais.

Agora ele estará em uma formação totalmente canadense com o ás dos carros de Turismo Mark Wilkins, no carro #33 Elantra N TCR da BHA e fará sua estreia na corrida de endurance de quatro horas do IMSA Michelin Pilot Challenge em Daytona, no dia 28 de janeiro.

“Passei muitas noites pensando e sonhando com esse momento, e com o apoio de Bryan Herta e Hyundai tudo está se tornando realidade”, disse Wickens, que conquistou quatro pódios e uma pole position em suas primeiras 12 corridas na Indy, antes de seu acidente. “Estou com mais fome agora do que antes do meu acidente para competir por vitórias novamente!”

“Estou realmente ansioso para me incorporar a toda a equipe Bryan Herta Autosport e finalmente experimentar o Hyundai Elantra N TCR pela primeira vez.”

Bryan Herta, que viu sua equipe ganhar três títulos do IMPC, disse: “Hoje é um dia monumental para nós como equipe e como fãs de Robert Wickens. Acompanhamos a reabilitação de Robert e ficamos maravilhados com sua determinação e dedicação, junto com seus muitos e muitos fãs.”

“Anunciar agora que ele fará seu retorno ao automobilismo profissional em um de nossos carros é realmente incrível. Agradecemos à Hyundai por seu incrível apoio e nos ajudando a construir um caminho para Robert voltar para onde ele pertence.”

O Elantra N #33 foi equipado com um sistema de controle manual personalizado, projetado pelo diretor técnico David Brown e pelo técnico de desenvolvimento Jonathan Gormley. O sistema possui um anel de metal, localizado atrás do volante, que é conectado ao pedal do freio por uma série de hastes e é puxado com os dedos para ser acionado. Duas pás de aceleração e de mudança de marchas ligadas, também instaladas atrás do volante, permitem ao piloto acelerar e efetuar comandos de direção.

Steering wheel for Robert Wickens

Steering wheel for Robert Wickens

Photo by: IMSA

Wilkins terá um interruptor para desativar o acelerador de mão quando ele assume o lugar de Wickens, e o Elantra acelera e freia usando os pedais tradicionais quando ele está dirigindo.

Uma declaração da Hyundai afirmou que, desde o acidente, “a perseverança e a persistência de Wickens levaram a avanços triunfantes em seus regimes implacáveis de reabilitação física e terapia que continuam diariamente. Wickens e sua equipe de terapeutas e treinadores se tornaram pioneiros no desenvolvimento de tecnologias inovadoras e métodos de tratamento para a comunidade de lesões na medula espinhal.”

A linha de seis carros da BHA será testada em Daytona de 21 a 23 de janeiro, quando o grid do IMPC recebe tempo de pista entre as sessões 'Roar Before the 24' do IMSA WeatherTech SportsCar Championship.

TELEMETRIA DE FÉRIAS: RICO PENTEADO fala tudo sobre NOVO CARRO DA F1 que estreia em 2022

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #157 - Sucesso da F1 na Band e destaques de 2021: entrevista com editor Fred Sabino

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

 

compartilhar
comentários
F1: Williams relembra "decisões corajosas" que a fizeram pontuar em 2021
Artigo anterior

F1: Williams relembra "decisões corajosas" que a fizeram pontuar em 2021

Próximo artigo

F1: Villeneuve diz que Hamilton deve “ser agressivo” para recuperar título

F1: Villeneuve diz que Hamilton deve “ser agressivo” para recuperar título
Carregar comentários