Ezpeleta: surpreso com aval da F1 para Alonso ir à Indy 500

Carmelo Ezpeleta, chefe da Dorna - que comanda a MotoGP - revelou surpresa com permissão da Fórmula 1 para Fernando Alonso disputar as 500 Milhas de Indianápolis deste ano

Ezpeleta: surpreso com aval da F1 para Alonso ir à Indy 500
Fernando Alonso, Andretti Autosport Honda
Fernando Alonso, Andretti Autosport Honda
Fernando Alonso, Andretti Autosport Honda
Fernando Alonso, Andretti Autosport Honda

Neste final de semana, Fernando Alonso disputa as 500 Milhas de Indianápolis, tendo optado por não correr em Mônaco, etapa tradicional da Fórmula 1.

Alonso, que larga em quinto na Indy 500, vê Jenson Button, companheiro de equipe até o fim da temporada passada, ocupar o cockpit dele em Monte Carlo. A liberação de Alonso para correr nos Estados Unidos surpreendeu Carmelo Ezpeleta, chefe da Dorna - que comanda a MotoGP e o Mundial de Superbike.

Ezpeleta foi além, sugerindo que algo não está certo na F1 quando Alonso ganha permissão para correr em outra categoria, destacando que Bernie Ecclestone jamais teria permitido tal movimentação.

"Como amigo de Alonso, creio que será ótimo ele disputar a Indy 500", disse Ezpeleta ao Motorsport.com. "Ao mesmo tempo, creio que algo deve estar acontecendo na F1 para isso ter acontecido. Não seria assim há alguns anos, eu ficaria surpreso se tivesse acontecido com Ecclestone por lá."

Ezpeleta revelou que os pilotos da MotoGP não podem competir em outras categorias sem o consentimento dos chefes do campeonato.

"Se você usa um contrato, as coisas se complicam. Creio que o segredo é ter um bom relacionamento com os pilotos para que isso não aconteça. Em nossos contratos, temos uma cláusula que especifica que os pilotos só podem correr em outras categorias se aprovarmos. Entretanto, nunca precisamos usá-la", afirmou.

Aparições de pilotos em tempo integral na MotoGP em outras categorias são acontecimentos raros nos últimos anos. Quando na Tech 3 , Bradley Smith e Pol Espargaró disputaram as 8 Horas de Suzuka em 2015 - o espanhol repetiu a participação no ano passado.

Smith entrou na final do Mundial de Endurance de moto em agosto do ano passado, em Oschersleben. Entretanto, o britânico sofreu uma contusão no joelho direito durante um treino e perdeu três etapas da MotoGP.

compartilhar
comentários
Galeria: grid das 500 Milhas de Indianápolis
Artigo anterior

Galeria: grid das 500 Milhas de Indianápolis

Próximo artigo

VÍDEO: Acidente assustador marca Indy 500

VÍDEO: Acidente assustador marca Indy 500
Carregar comentários