MotoGP
R
GP do Catar
25 mar
Próximo evento em
67 dias
R
GP da Argentina
08 abr
Próximo evento em
81 dias
R
GP das Américas
15 abr
Próximo evento em
88 dias
R
GP da Espanha
29 abr
Próximo evento em
102 dias
R
GP da França
13 mai
Próximo evento em
116 dias
R
GP da Itália
27 mai
Próximo evento em
130 dias
R
GP da Catalunha
03 jun
Próximo evento em
137 dias
R
GP da Alemanha
17 jun
Próximo evento em
151 dias
R
GP da Holanda
24 jun
Próximo evento em
158 dias
R
GP da Finlândia
08 jul
Próximo evento em
172 dias
R
GP da Áustria
12 ago
Próximo evento em
207 dias
R
GP da Grã-Bretanha
26 ago
Próximo evento em
221 dias
R
GP de Aragón
09 set
Próximo evento em
235 dias
R
GP de San Marino
16 set
Próximo evento em
242 dias
R
GP do Japão
30 set
Próximo evento em
256 dias
R
GP da Tailândia
07 out
Próximo evento em
263 dias
R
GP da Austrália
21 out
Próximo evento em
277 dias
R
GP da Malásia
28 out
Próximo evento em
284 dias
R
GP de Valência
11 nov
Próximo evento em
298 dias

Dovizioso: Se aprende muito com Márquez porque é o melhor

compartilhar
comentários
Dovizioso: Se aprende muito com Márquez porque é o melhor
Por:

Italiano liderou 20 das 24 voltas da corrida japonesa, mas acabou caindo no final e não impediu rival de conquistar a vitória e o campeonato mundial

Andrea Dovizioso liderou o GP do Japão em suas primeiras 20 voltas, foi ultrapassado por Márquez na 21ª, o seguiu na 22ª e, na penúltima, lançou ataque para recuperar a liderança. Mas passou dos limites e foi para o chão na curva 10.

"O acidente foi porque eu estava tentando chegar em Marc e cometi um erro, fui longe demais. Forcei a frente demais. A corrida foi o que esperávamos, porque, como eu disse, o ritmo de Marc era muito bom", resumiu o italiano após a corrida.

"Acho que Márquez fez algo especial para me acompanhar. Ele fez melhor que os outros. De qualquer forma, eu era o único capaz de colocar Marc em problemas."

Leia também:

Com esta queda, Dovizioso não conseguiu impedir que seu rival conquistasse o título na primeira oportunidade que teve, e também vê Valentino Rossi a apenas nove pontos na luta pelo vice-campeonato.

"Queremos mais e temos que melhorar. Estou muito feliz com o nível que estamos neste momento", disse ele.

"Agora tenho que me concentrar em terminar em segundo porque Valentino está sempre presente. Rossi fez um ano estranho, mas quando não tinha moto, não arriscou o que não devia, e é por isso que o tenho tão perto", explicou.

Com o título definido, Dovizioso deve se concentrar em tentar melhorar a moto para o próximo ano.

"Por um lado, estou feliz em ir a Phillip Island, porque assim veremos o nível da nossa moto em um circuito que não corro bem", disse ele.

Sobre a estratégia de corrida, Dovizioso disse simplesmente:

"Chegar às últimas voltas com Marc não é uma boa estratégia".

"Os números de Marc são assustadores. Ele quer e gosta de melhorar a cada ano, ele não vive com o que ele conseguiu. Pensar em jogar com ele no próximo ano é difícil. Mas não é imbatível."

"Com Marc se pode aprender muitas coisas porque ele é o melhor, ele está à frente dos outros. Como ir rápido desde o início, como ficar no limite."

"Marc tem uma capacidade maior de se adaptar do que o resto", afirmou o italiano, admitindo a superioridade do campeão.

Bautista é confirmado como substituto de Lorenzo na Austrália

Artigo anterior

Bautista é confirmado como substituto de Lorenzo na Austrália

Próximo artigo

Rossi: É importante que chefes da Yamaha vejam como a moto está

Rossi: É importante que chefes da Yamaha vejam como a moto está
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP do Japão
Localização Twin Ring Motegi
Pilotos Andrea Dovizioso
Autor Oriol Puigdemont