Ducati anuncia saída de Stoner

Equipe divulgou que bicampeão da MotoGP não continuará no time como piloto de testes após 2018

Ducati anuncia saída de Stoner
Carregar reprodutor de áudio

Como anteriormente relatado pelo Motorsport.com, o australiano de 33 anos optou por não continuar sua associação com a Ducati, a marca com a qual conquistou seu primeiro título na MotoGP em 2007.

Ele se juntou à marca de Bolonha em 2016 como piloto de testes e embaixador da marca depois de terminar seu relacionamento com a Honda.

No entanto, ele não pilotou a GP18 deste ano desde o teste de pré-temporada de janeiro em Sepang, já que ele está se recuperando de uma operação no ombro direito.

O acordo de Stoner com a Ducati durou três anos e na terça-feira foi confirmado que não será renovado.

"Quero agradecer à Ducati pelas ótimas lembranças e, especialmente, pelo apoio e entusiasmo dos fãs da Ducati por nossa paixão compartilhada pelo motociclismo, eu sempre me lembrarei disso", disse Stoner.

“Ao longo dos últimos três anos, gostei muito de fazer o meu trabalho com a equipe de testes, os engenheiros e técnicos, enquanto trabalhávamos para melhorar o pacote e sinceramente quero desejar à equipe tudo de bom para os seus futuros empreendimentos.”

O CEO da Ducati, Claudio Domenicali, acrescentou: “Casey sempre permanecerá nos corações de Ducatisti e também é por eles que queremos agradecer pela importante colaboração que nos ofereceu nos últimos três anos.”

"Suas indicações técnicas e sugestões, juntamente com o trabalho e o feedback dos pilotos de fábrica e de Michele Pirro, ajudaram a tornar o Desmosedici GP numa das motos mais competitivas do grid, e o seu conselho para o desenvolvimento das nossas motos de produção foi tão precioso e útil.”

"A Ducati e os seus muitos fãs desejam oferecer os seus sinceros agradecimentos e os seus melhores desejos a Casey e à sua família por um futuro sereno e feliz."

Casey Stoner, Ducati Team

Casey Stoner, Ducati Team

Photo by: Ducati Corse

compartilhar
comentários
De Angelis anuncia volta ao mundial pela Pramac na MotoE
Artigo anterior

De Angelis anuncia volta ao mundial pela Pramac na MotoE

Próximo artigo

Dovizioso: Lorenzo foi um parceiro de equipe “estranho”

Dovizioso: Lorenzo foi um parceiro de equipe “estranho”
Carregar comentários