MotoGP
18 out
-
20 out
Evento encerrado
25 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado

Lorenzo diz que se sente “mais seguro” com moto da Honda

compartilhar
comentários
Lorenzo diz que se sente “mais seguro” com moto da Honda
Por:
2 de jan de 2019 11:41

Jorge Lorenzo afirmou que se sente “mais seguro” na moto da Honda do que na Ducati graças ao tamanho “mais compacto” de seu novo equipamento.

Após encerrar uma tumultuada passagem de dois anos pela Ducati, Lorenzo experimentou a Honda RC213V pela primeira vez nos testes pós-temporada de Valência e Jerez e ficou menos de 0s2 mais lento na segunda sessão.

Devido ao seu contrato ainda em vigor com a Ducati, Lorenzo não pode falar com a imprensa durante os testes.

No entanto, em sua primeira entrevista com as cores da Honda, o espanhol disse que o menor tamanho da Honda casou bem com seu estilo.

“Na última temporada, guiei uma moto completamente diferente, muito grande e alta”, disse Lorenzo, sobre a Ducati. “Talvez ela fosse um pouco grande demais para mim.”

“A Honda casa melhor comigo em termos de tamanho. É mais compacta, menor, e eu alcanço o chão melhor com ela. Me sinto mais seguro nas curvas, porque, quanto mais perto do chão você está, mais confiança tem.”

“A primeira impressão foi positiva e vi muito potencial ali.”

No ano passado, Lorenzo criticou a Ducati por levar tempo demais para reagir aos seus pedidos, sendo que a mudança no tanque de combustível que impulsionou sua velocidade só foi utilizada depois que a equipe optou por não mantê-lo para 2019.

O tricampeão afirmou que a Honda já lhe forneceu um novo material para ajudá-lo a ficar mais confortável com a RC213V.

“Uma das coisas que mais me impressionaram foi a habilidade a Repsol Honda em reagir, fornecendo aquilo que você pede”, disse Lorenzo.

“Fui bem claro, a Honda tomou nota de tudo o que eu disse e dentro de alguns dias eles já tinham tudo pronto. Tínhamos um tanque de combustível quase 100% de acordo com o meu gosto.”

Lorenzo medirá forças contra Marc Márquez, atual campeão, e disse que “tentará aprender” com o piloto que venceu cinco dos últimos seis títulos.

“Todos os pilotos têm forças e fraquezas”, disse. “Marc também as tem. Tentarei aprender com suas forças, e acho que ele tentará aprender com as minhas.”

“Nos pressionaremos. Eu vou querer batê-lo e ele vai querer me bater, e isso sempre faz a equipe crescer e ajuda no progresso técnico da moto.”

Próximo artigo
Ducati vê benefício em ter duas motos a menos no grid em 2019

Artigo anterior

Ducati vê benefício em ter duas motos a menos no grid em 2019

Próximo artigo

Ducati: Objetivo de Petrucci não é ganhar de Dovizioso

Ducati: Objetivo de Petrucci não é ganhar de Dovizioso
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Jorge Lorenzo Compre Agora
Equipes Repsol Honda Team
Autor Jamie Klein