MotoGP
18 out
-
20 out
Evento encerrado
25 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado

Márquez: Não iremos relaxar mesmo com vantagem de 41 pontos

compartilhar
comentários
Márquez: Não iremos relaxar mesmo com vantagem de 41 pontos
Por:
4 de jul de 2018 13:52

Piloto espanhol promete agressividade e descarta administrar vantagem no mundial nas próximas provas após bom início de mundial

Depois da vitória na Holanda, a vantagem de Marc Márquez agora no mundial é de 41 pontos, após seu concorrente mais próximo, Valentino Rossi, ter terminado apenas em quinto em Assen e ter perdido 14 pontos.

Quando perguntado se pode relaxar agora em relação ao campeonato, Márquez declarou que quer continuar a avançar na próxima etapa do campeonato, em Sachsenring, onde não é derrotado desde 2010, e Brno, outra pista forte para a Honda.

"Honestamente falando, antes do início do fim de semana de Assen eu disse: ‘ok, talvez nesta pista nós iremos perder alguns pontos’. Mas ganhamos e ganhamos muito", disse Márquez.

"Isso não significa que vamos relaxar. Vamos em frente, é hora de atacar porque estamos com uma distância grande, mas não é o suficiente. Eu quero mais e mais e este é o caminho. Vamos tentar manter a mesma mentalidade, tentar manter o mesmo nível."

Márquez disse que ficou feliz em ver Alex Rins terminar em segundo, pois ele foi capaz de ampliar ainda mais sua liderança na classificação.

"Quando eu cruzei a linha de chegada a adrenalina estava lá, mas eu olhei no telão e vi Rins em segundo lugar. Fiquei ainda mais feliz porque a vantagem é ainda maior e isso é algo que precisamos aproveitar."

Enquanto os seus adversários mais próximos na classificação são o trio da Yamaha - Rossi, Maverick Vinales e Johann Zarco - Márquez venceu em duas pistas tradicionalmente favoráveis à Yamaha – Le Mans e Assen, respectivamente.

"Aqui eu esperava que talvez Valentino e Viñales fossem muito fortes", explicou Márquez. "Eles eram fortes, mas éramos mais fortes.”

"É importante que numa pista que no passado a Yamaha foi muito forte nós lutássemos.”

Próximo artigo
Dovizioso: Ducati tem fraqueza em fim de provas

Artigo anterior

Dovizioso: Ducati tem fraqueza em fim de provas

Próximo artigo

Equipe do Circuito de Sepang se torna satélite da Yamaha

Equipe do Circuito de Sepang se torna satélite da Yamaha
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Alemanha
Localização Sachsenring
Pilotos Marc Marquez Compre Agora
Equipes Repsol Honda Team
Autor David Gruz