MotoGP: Márquez precisa ser "cuidadoso" com feedback sobre moto da Honda

Hexacampeão disse que seus comentários não são mais precisos como antigamente, e que ele precisa considerar sua condição física atual

MotoGP: Márquez precisa ser "cuidadoso" com feedback sobre moto da Honda

O hexacampeão da MotoGP, Marc Márquez, disse que precisa ser "cuidadoso" quando trabalha com seus engenheiros na Honda em cima da RC213V, já que, no momento, seu feedback não é "tão preciso" quanto era antigamente.

O espanhol sentiu que a moto de 2021 deixava a desejar no meio e saída das curvas durante o fim de semana em Jerez, comparado com a moto de 2020.

Leia também:

Admitindo que a moto de base que ele pilota em seu retorno neste final de semana no GP da França "não é ruim", ele admitiu que ainda "falta alguma coisa".

Porém, devido ao seu estado físico atual, Márquez admite que não consegue ajudar de fato no desenvolvimento da Honda ainda, e precisa ser cuidadoso ao dar feedback sobre a RC213V aos seus engenheiros

"Comecei em Portimão e Jerez com um pouco de evolução que a Honda e as demais trouxeram à moto", disse nesta quinta em Le Mans. "E isso não é ruim. Na verdade, o pacote geral não é ruim. Mas é verdade que falta alguma coisa".

"Em primeiro lugar, preciso ser cuidadoso, porque sempre tento ser honesto com os engenheiros e meus mecânicos. E meus comentários não são tão precisos quanto antes".

Marc Marquez, Repsol Honda Team

Marc Marquez, Repsol Honda Team

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

"A cada treino estou pilotando diferente. Começo o fim de semana de um modo e termino de outro totalmente diferente. Não porque eu mudei meu estilo, mas porque eu me canso e a posição do peso na moto muda, o ajuste muda".

"Essa é uma das questões. Mas é verdade que um dos planos do teste em Jerez seria voltar a como eu pilotei lá em 2020. Mas não consegui fazer isso por conta da minha condição física".

"E talvez um dos meus objetivos no final de semana seja entender onde estou agora e onde estava no passado".

O final de semana da MotoGP na França deve ser muito afetado pela chuva, e Márquez acha que isso pode oferecer mais oportunidades para ele expandir suas possibilidades de resultado, já que as condições físicas devem ser menos exaustivas para ele.

"Parece que o clima neste final de semana será uma das chaves e precisamos adaptar. No final, não sei. Claro, do meu lado, queria andar no seco, porque poderia continuar minha evolução, minha reabilitação, e no seco teria melhores condições".

"Por outro lado, o molhado é uma loteria. O limite que tenho hoje andando no seco é minha condição física. E o molhado demanda menos, então isso pode ajudar. Mas, ao mesmo tempo, minha posição na moto não é mais a mesma de antes".

"Veremos. Certamente é positivo de um lado porque será um final de semana de menor demanda física".

Márquez confirmou também que um exame médico após o GP da Espanha o permitiu intensificar o treinamento de academia e espera introduzir um dia de treino com moto após Le Mans.

F1: TRETA de MERCEDES e RED BULL ganha novo capítulo após BRONCA de Hamilton; entenda ASA FLEXÍVEL

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #104 – Mercedes x Red Bull já pode ser considerada uma das maiores rivalidades da F1?

 

compartilhar
comentários
MotoGP: Quartararo está pronto para disputar GP da França após operação

Artigo anterior

MotoGP: Quartararo está pronto para disputar GP da França após operação

Próximo artigo

MotoGP cancela etapa da Finlândia e acrescenta segunda corrida na Áustria

MotoGP cancela etapa da Finlândia e acrescenta segunda corrida na Áustria
Carregar comentários