MotoGP
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
Canceled
15 out
Evento encerrado
16 out
Evento encerrado
23 out
Evento encerrado
R
GP da Austrália
23 out
Canceled
R
GP da Malásia
29 out
Canceled
R
GP da Europa
06 nov
Próximo evento em
10 dias
R
GP de Valência
13 nov
Próximo evento em
17 dias
R
GP de Portugal
20 nov
Próximo evento em
24 dias

MotoGP: Petrucci vence caótico GP da França em Le Mans; Márquez sobe 16 posições e é segundo

compartilhar
comentários
MotoGP: Petrucci vence caótico GP da França em Le Mans; Márquez sobe 16 posições e é segundo
Por:
, Repórter

Prova começou atrasada por causa da chuva que começou a cair antes da largada

Deu Itália na França. Depois de Fabio Quartararo ter colocado a Yamaha na pole position para a etapa da MotoGP, as motos da montadora japonesa foram meras coadjuvantes neste domingo que começou dominado pela Ducati, mas teve algumas surpresas no final. Em uma prova marcada pela chuva que caiu pouco antes da largada, a vitória ficou com Danilo Petrucci após uma boa dose de caos nas voltas finais.

No sábado, o francês da Petronas conseguiu uma volta voadora em sua última tentativa no treino classificatório, superando as Ducatis de Jack Miller e Danilo Petrucci, enquanto o vice-líder Joan Mir não teve um bom dia, garantindo apenas a 14ª posição no grid.

Leia também:

A corrida já teve drama antes mesmo do apagar das luzes. A chuva começou a cair sobre Le Mans com três minutos para o início da volta de aquecimento. Com isso, a direção atrasou a saída em cinco minutos, permitindo que todos trocassem para os pneus de chuva.

A saída não foi das melhores para o pole e líder Quartararo que, em questão de algumas curvas, caiu para quarto, perdendo posições para o trio da Ducati de Miller, Petrucci e Dovizioso. Enquanto isso, Joan Mir tinha uma situação ainda mais complicada no fundo, caindo de 14º para 16º. O espanhol da Suzuki foi um dos poucos que optou por não colocar pneus de chuva na largada.

Ainda nos metros iniciais, a primeira queda. Valentino Rossi teve problemas com o pelotão e acabou no chão. Essa é a terceira queda consecutiva do piloto italiano, que vai ficando cada vez mais para trás na classificação do Mundial.

Enquanto Quartararo seguiu sendo ultrapassado, por Pol Espargaró e Rins, que escalou 11 posições em questão de duas voltas, as Ducatis abriram uma vantagem na ponta e ficavam se revezando na ponta.

Com 20 voltas pra o fim, as Ducatis seguiam na frente e com uma boa vantagem, com Petrucci, seguido de Dovi e Miller. Rins e Espargaró completavam o Top 5. Bradley Smith e Álex Márquez conseguiram escalar bem o pelotão e ocupavam a sétima e oitava posições. Já Quartararo não conseguia ter bom rendimento com sua moto e foi perdendo mais posições, ocupando a 11ª posição. 

A 15 voltas do fim, Álex Rins conseguiu reduzir a diferença que as Ducatis haviam aberto na frente e começou a se juntar na briga pela vitória e as posições no pódio, atacando primeiro Jack Miller. Mais atrás, Quartararo seguia em 11º enquanto Joan Mir era apenas o 17º. 

Pol Espargaró e Álex Márquez, em quinto e sexto, começaram a andar mais rápido que o pelotão da frente e começaram a se aproximar com dez voltas para o fim, enquanto Rins seguia tentando passar Miller. Mir começou a recuperar um pouco de terreno, mas voltando apenas para a mesma posição de onde largou.

Uma disputa mais quente entre as Ducatis quase deu espaço para Rins assumir a liderança, mas o espanhol da Suzuki acabou caindo quando vinha em um ótimo momento, deixando o pódio a sete voltas do fim para Petrucci, Dovizioso e Márquez, que se aproveitou também da quebra da moto de Miller.

No final, Danilo Petrucci conseguiu se manter na frente após a boa vantagem que abriu no momento que assumiu a ponta. Completaram o pódio Álex Márquez, um dos principais destaques da corrida e Pol Espargaró. Esse é o primeiro pódio do irmão do hexacampeão na MotoGP, após largar em 18º.

Completaram o Top 10: Dovizioso, Zarco, Oliveira, Nakagami, Bradl, Quartaratro e Viñales. Mir terminou em 11º.

O GP da França é o primeiro de uma rodada tripla que segue na próxima semana com o GP de Aragão, décima etapa da temporada 2020 e a primeira de duas provas no Circuito de Aragão. 

Cla   # Piloto Moto Voltas Tempo Abandono Pontos
1   9 Italy Danilo Petrucci Ducati 26     25
2   73 Spain Alex Marquez Honda 26 1.273   20
3   44 Spain Pol Espargaro KTM 26 1.711   16
4   4 Italy Andrea Dovizioso Ducati 26 3.911   13
5   5 France Johann Zarco Ducati 26 4.310   11
6   88 Portugal Miguel Oliveira KTM 26 4.466   10
7   30 Japan Takaaki Nakagami Honda 26 5.921   9
8   6 Germany Stefan Bradl Honda 26 15.597   8
9   20 France Fabio Quartararo Yamaha 26 16.687   7
10   12 Spain Maverick Viñales Yamaha 26 16.895   6
11   36 Spain Joan Mir Suzuki 26 16.980   5
12   33 South Africa Brad Binder KTM 26 27.321   4
13   63 Italy Francesco Bagnaia Ducati 26 33.351   3
14   41 Spain Aleix Espargaro Aprilia 26 39.176   2
15   27 Spain Iker Lecuona KTM 26 51.087   1
16   42 Spain Alex Rins Suzuki 26 1'14.190    
  dnf 43 Australia Jack Miller Ducati 19   Abandono  
  dnf 21 Italy Franco Morbidelli Yamaha 18   Abandono  
  dnf 35 United Kingdom Cal Crutchlow Honda 17   Abandono  
  dnf 53 Spain Tito Rabat Ducati 14   Abandono  
  dnf 38 United Kingdom Bradley Smith Aprilia 8   Abandono  
  dnf 46 Italy Valentino Rossi Yamaha 0   Abandono  

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre F1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Q4: A análise da classificação da F1 em Nurburgring, com a volta de Hulk e os destaques na Alemanha

PODCAST: A F1 perde força com a saída da Honda?

 

MotoGP: Viñales aproveita novo cronograma em Le Mans para testar aderência da moto

Artigo anterior

MotoGP: Viñales aproveita novo cronograma em Le Mans para testar aderência da moto

Próximo artigo

MotoGP: Márquez afirma que "pódio na chuva não significa tanto assim"

MotoGP: Márquez afirma que "pódio na chuva não significa tanto assim"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Autor Guilherme Longo